Esculhambação geral

Publicado em 18 de agosto de 2009

De dentro do Fórum de Marabá, sumiu a representação de pedido de prisão preventiva do chefão do tráfico Flávio “Olho de Gato”, apresentada dia 8 de agosto.

A superintendência de Polícia Civil do Sul do Pará já deu entrada, nesta terça-feira,18, de outro pedido de preventiva, depois que o juiz de Direito Marcelo Andrei Simão Santos indeferiu a primeira representação, concedendo, em seu lugar, habeas corpus preventivo garantindo a liberdade do traficante.