Hiroshi Bogéa On line

Escolha do coração

Nas análises que faz de pesquisas encomendadas, Tião Miranda têm dados mostrando segmento do eleitorado fielmente simpático ao trabalho realizado por ele no município. Numa perspectiva pessimista, cerca de 22% daqueles eleitores seguiriam indicativo do prefeito, ou seja, apoiariam nome de sua preferência para dar prosseguimento ao ciclo de obras de infra-estrutura, que é o que mais se pede nas consultas realizadas.
Com mais de cinco candidatos disputando a prefeitura, o prefeito acredita ser possível eleger alguém desconhecido do grande público, que viria a ser Rogério Adalécio – nome que inclusive chegou a ser ventilado por Tião Miranda quando se discutia às pressas quem disputaria com Asdrúbal Bentes a segunda eleição marcada pela Justiça por ocasião da cassação do mandato do atual prefeito ao cabo de uma série de denuncias. Naquele momento, falava-se na inelegibilidade de Tião encarar um “segundo turno”, o que provocou a busca do Plano B com o nome de Rogério lembrado pelo prefeito.
Ocorrendo o registro de mais de cinco candidaturas, como tudo leva a crer, Tião não pensará duas vezes entre usar o nome de Rogério ou correr o risco de ser traído na frente apoiando candidatura “alienígena” do ponto de vista pessoal.

Post de 

3 Comentários

  1. Quaradouro

    18 de junho de 2007 - 13:24 - 13:24
    Reply

    Se mal pergunto, meu ilustre baixinho das artes comunicatórios, quem é o cara-pálida que atende pelo nome de Rogério? O Ceni não é.
    Faça uma enquete assim: “Quem conhece o Rogério aí, levante o dedo! Vamos ver no que dá.

  2. Anonymous

    18 de junho de 2007 - 11:54 - 11:54
    Reply

    Somente o PT tem candidato com esse perfil descrito pelo anonimo 10:26 PM. Logicamente que esse candidato encontra-se no PT PRA VALER, já que o Ademir Martins da DS, nunca comprovou sua competência na política e nem as qualidades exigidas na personalidade do futuro prefeito de Marabá.

  3. Anonymous

    18 de junho de 2007 - 01:26 - 1:26
    Reply

    O Rogério é um cara sério, sem dúvida, mas para ser Prefeito de um Município da importância de Marabá, precisa-se de qualidades não só pessoais.

    Pela importância de Marabá, necessitamos de um Prefeito bem articulado com o Governo Federal e Estadual, com boa interlocução com os empresários e os movimentos sociais. Que tenha diálogo com a sociedade. Que tenha capacidade de aglutinar forças para atrair investimentos para o Município. Que compreenda a importância política do Município como pólo-regional.

    O Tião, avançou em melhorias na infra-estrutura da cidade, sem dúvida, mas Marabá precisa avançar mais, especialmente no cenário político, e somente um prefeito, interagindo com a sociedade, que tenha essa visão, colocará Marabá onde merece.

    Se o Tião fosse mais político – lembro-me que ele mesmo afirmou em jornal que é 80% administrador e 20% político, salvo engano – certamente já teríamos mais Deputados Estaduais, Federais e Senadores verdadeiramente comprometidos com nossa região, o que inevitavelmente proporcionaria mais recursos públicos para Marabá.

    A face administrativa da gestão do Tião tem que ser internalizada e absorvida ao máximo pelo eleitorado – percebo que isso já está acontecendo – porque o eleitor certamente cobrará do próximo prefeito, correção na aplicação dos recursos públicos.

    MARABÁ MERECE E PRECISA DE AVANÇOS DIANTE DO VALOR ECONÔMICO, ELEITORAL E SOCIAL QUE REPRESENTA.

    É somente pela política que as transformações verdadeiramente ocorrem.

    Nos caberá ter a clareza para saber escolher.

    Precisamos de um bom administrador sim e também, mas, pelo que o Município já acumulou de avanços, precisamos de um representante que aglutine, que atue conjuntamente com os vários setores da sociedade na busca de um espaço de poder verdadeiramente à altura do Município de Marabá.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *