Hiroshi Bogéa On line

Escândalo! Escândalo!

Um deputado federal e um juiz fazem parte de uma rede de podofilia, investigada pelos orgãos de segurança, que desde julho aguardam o pronunciamento da justiça ao pedido de indiciamento de empresários, um delegado de polícia, um advogado de grande prestígio na área política, uma jornalista, aliciadores e até familiares que colaboravam com a rede, comandada por um ex-candidato a prefeito da região do Baixo-Tocantins. Todos os diálogos entre os membros da quadrilha foram gravados, com ordem judicial e os diálogos são estarrecedores, principalmente as artimanhas utilizadas para interferir na investigação e evitar que as notícias vazassem para a mídia.

Aguardemos.

Post de 

6 Comentários

  1. Anonymous

    13 de novembro de 2010 - 14:25 - 14:25
    Reply

    Anônimo do dia 10.11:15;31, abre o jogo e diz quem são estes nefastos. Nós precisamos saber para fazer pressão e por logo estes safados na cadeia. Vamos, conta logo poxa

  2. Anonymous

    11 de novembro de 2010 - 22:29 - 22:29
    Reply

    Se fôr quem penso, vai fingir estar doente, e se internar em hospital para não ir para cela, como o fez, da última vez que teve a prisão decretada.As "artimanhas" para driblar o cumprimento da lei.

  3. Anonymous

    10 de novembro de 2010 - 21:53 - 21:53
    Reply

    Soube que a imprensa nacional já está em cima do caso.

  4. Anonymous

    10 de novembro de 2010 - 20:10 - 20:10
    Reply

    Que estas denúncias não tenham como destino o fundo das gavetas e arquivos da justiça.
    Em Tailândia este é um hábito mais do que normal. Não dá em nada denunciar politicos, empresários e professores!

  5. Hiroshi Bogéa

    10 de novembro de 2010 - 20:05 - 20:05
    Reply

    Anînimo das 16:12, infelizmente não posso publicar seu comentário. Caramba! Você dá nomes e sobrenomes de uma boa turma. Se publicar, vai escancarar tudo e não posso me queimar com as fontes seguras do blog. Compreenda. Abs

  6. Anonymous

    10 de novembro de 2010 - 18:31 - 18:31
    Reply

    Tem um Federal, "desputado", que faz e acontece no interior. Que o digam as mulheres que foram usadas e abusadas, quando menores, lá pelos lados da Belém-Brasilia, bem no município de São Miguel do Guamá. E a Justiça ?? Chamem o Cel da Tropa de Elite.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *