Equipe da Semed realiza levantamentos nas escolas da “Região do Contestado”

Publicado em 19 de fevereiro de 2014

Fachada da  Escola Nova Esperança e entrega de material escolar
Fachada da Escola Nova Esperança e entrega de material escolar

Entrega meterial escolar na Escola Nova EsperançaTodas as escolas de Educação Infantil ao 9º ano e turmas de EJA situadas na área do Contestado (fronteira com o município de Parauapebas), foram visitadas por equipe da Secretaria de Educação de Marabá, cumprindo ações elaboradas pela diretoria de Ensino, que tem como a professora Floripes Amaral como dirigente.

“Missão foi efetuar levantamento da situação atual das escolas do município, naquela região fronteiriça, produzindo diagnóstico capaz de orientar o nosso prefeito para futuras decisões e, ao mesmo tempo, efetuar a entrega de materiais escolares”, explica a pedagoga Lorena Bogéa, coordenadora do Programa Brasil Alfabetizado (EJA), que integrou o grupo de interiorização, ao lado de Ueslei dos Santos Nascimento, Coordenador do Campo.

Durante cinco dias, equipe da Semed anotou demandas de diversas origens: quantidade de funcionários existentes; situação de contratos, estrutura física, registros fotográficos da estrutura física da escola, casa dos professores, turmas existentes, turmas novas para 2014: Educação Infantil, EJA e Programa Brasil Alfabetizado,  desenvolvimento do Transporte escolar –  além de outros procedimentos.

A equipe promoveu, também, reuniões com todos os servidores das escolas, comunidade e pais de alunos, anotando suas necessidades, seguindo determinação do  secretário Luiz Bressan e do prefeito João Salame, conforme conta Lorena.

Coordenador Ueslei Nascimento explicou às comunidades do Contestado qual a proposta do governo municipal para melhorar a qualidade da Educação na área rural, anotando, também, dezenas de reivindicações dos corpos discente e docente.  “Um dos grandes problemas verificados é quanto  a existência de crianças, residentes em vicinais de difícil acesso, e que necessitam se deslocar às vilas para assistirem aula”, conta.

Lorena conta que um dos momentos de intensa emoção foi quando a equipe da Semed assistiu  alunos da Escola Virgem de Nazaré, participando de ação do programa “Pacto pela Leitura”, do governo Federal,  numa  humilde residência. “Como a casa dos pais das crianças estava naquela noite sem energia, ficamos emocionados vendo seus pais, segurando uma lanterna (foto abaixo)  para iluminar os livros, participando da sessão de leitura. Esse programa nos transmite forte esperança, porque sua aplicação a contento, confirma a seriedade do trabalho desenvolvido, com um olhar especial para a área rural”.

Escolas 2

Escolas visitadas:

Estrela Dalva, Virgem de Nazaré II, Cajazeiras (Vila Virgem de Nazaré), Escola Mércia Lacerda Miranda ( Vila Alto Bonito II),  Herbert de Souza (Vila Albanir), Escola Maria Montessori ( Vila Alto Bonito I), Pedro Vale e Casa Branca (Vila Casa Branca); Escola Nova Esperança e Escola Maria Catarina ( Vila Cachoeira Preta); Escola Brasil Novo (Vila Brasil); Escola Anajás (PA Liberdade); Escola Arco Iris II (Vila Rio Branco).

Reunião com a comunidade da Escola Virgem de Nazaré
Reunião com a comunidade da Escola Virgem de Nazaré

 

Reunião com gestores da escola Escola Maria Montessori  (Vila Alto Bonito I) para averiguação, e organização de documentos .
Reunião com gestores da escola Escola Maria Montessori (Vila Alto Bonito I) para averiguação, e organização de documentos .

 

Reunião com gestores da escola para averiguação, e organização de documentos