Hiroshi Bogéa On line

Entrega de casas populares marcada para janeiro

 

 

As 2.500 casas populares, construídas em dois empreendimentos com recurso do Programa Minha Casa, Minha Vida, parceria do Governo Federal com a Prefeitura de Marabá, segundo o cronograma, serão entregues pelas construtoras em janeiro/2012. Hoje (09), técnicos da Secretaria de Assistência Social (Seasp) participam de capacitação, ministrada pela Caixa Econômica Federal, para as orientações quanto aos critérios de inscrição e seleção de famílias a serem beneficiadas.

Segundo José Wilson Oliveira, supervisor de Construção Civil da Caixa, para concorrer a uma das moradias compostas de sala, cozinha, banheiro, dois quartos e áreas para jardinagem e quintal, os interessados devem ter renda entre zero e R$ 1,6 mil, não ter outra residência em seu nome e nem imóvel subsidiado pelo governo federal. Todas as famílias, obrigatoriamente, devem estar cadastradas no CadÚnico – Cadastro Único para Programas Sociais.

As residências têm o preço de R$ 39 mil. A prestação será no máximo de 10% da renda familiar ou o mínimo de R$ 50,00/mês, durante 10 anos, ou seja, R$ 6.000,00. O restante (33 mil reais) será subsidiado pelo programa Minha Casa, Minha Vida.
Existem ainda dois critérios nacionais e dois locais. Os nacionais são: 1) Famílias residindo em área de risco; 2) famílias onde a mulher é provedora. Os critérios locais serão definidos pela Secretaria de Assistência Social e o Conselho Municipal de Assistência Social e, logo que forem decididos, serão divulgados para conhecimento de todos.

Ainda de acordo com Wilson Oliveira, o processo de inscrição e seleção das famílias deve começar ainda este mês e se estender até dezembro deste ano, visto que a ideia é ocupá-las tão logo fiquem prontas, evitando-se possíveis invasões. Depois de selecionadas as famílias, haverá sorteio para definir a posição de cada contemplada nos empreendimentos, localizados em São Félix e BR 222, próximo a Morada Nova.

 

Com informação da Secom

Post de 

2 Comentários

  1. João Marabá

    11 de agosto de 2011 - 10:28 - 10:28
    Reply

    Isso é que é querer tirar dividendos…Vão ser entregues as CASAS POPULARES, A DUPLICAÇÃO DA BR que não tem nada a ver com o município (obras que não ficariam prontas se estivessem na mão dessa administração) e até PARTE do novo estádio, vejam bem, PARTE (isso sim é a cara dessa administração, não terminar obras), vão ser entregues todas no ano que vem pra ver se conseguem “maquiar” esse hecatombe administrativa que está acontecendo em nosso município.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *