Entrega de casas populares marcada para janeiro

 

 

As 2.500 casas populares, construídas em dois empreendimentos com recurso do Programa Minha Casa, Minha Vida, parceria do Governo Federal com a Prefeitura de Marabá, segundo o cronograma, serão entregues pelas construtoras em janeiro/2012. Hoje (09), técnicos da Secretaria de Assistência Social (Seasp) participam de capacitação, ministrada pela Caixa Econômica Federal, para as orientações quanto aos critérios de inscrição e seleção de famílias a serem beneficiadas.

Segundo José Wilson Oliveira, supervisor de Construção Civil da Caixa, para concorrer a uma das moradias compostas de sala, cozinha, banheiro, dois quartos e áreas para jardinagem e quintal, os interessados devem ter renda entre zero e R$ 1,6 mil, não ter outra residência em seu nome e nem imóvel subsidiado pelo governo federal. Todas as famílias, obrigatoriamente, devem estar cadastradas no CadÚnico – Cadastro Único para Programas Sociais.

As residências têm o preço de R$ 39 mil. A prestação será no máximo de 10% da renda familiar ou o mínimo de R$ 50,00/mês, durante 10 anos, ou seja, R$ 6.000,00. O restante (33 mil reais) será subsidiado pelo programa Minha Casa, Minha Vida.
Existem ainda dois critérios nacionais e dois locais. Os nacionais são: 1) Famílias residindo em área de risco; 2) famílias onde a mulher é provedora. Os critérios locais serão definidos pela Secretaria de Assistência Social e o Conselho Municipal de Assistência Social e, logo que forem decididos, serão divulgados para conhecimento de todos.

Ainda de acordo com Wilson Oliveira, o processo de inscrição e seleção das famílias deve começar ainda este mês e se estender até dezembro deste ano, visto que a ideia é ocupá-las tão logo fiquem prontas, evitando-se possíveis invasões. Depois de selecionadas as famílias, haverá sorteio para definir a posição de cada contemplada nos empreendimentos, localizados em São Félix e BR 222, próximo a Morada Nova.

 

Com informação da Secom