Enquanto lobo não aparece

Publicado em 30 de março de 2011

 

Comentário do deputado João Salame ao post Pra debaixo do tapete:

 

Logo que surgiram as denúncias os deputados aprovaram a criação de uma Comissão de Sindicância formada por servidores concursados e efetivos da Casa para apurar o caso. A Mesa Diretora, presidida pelo deputado Manoel Pioneiro, assumiu o compromisso de encerrar os trabalhos da Comissão dia 3 de abril. Portanto, estou aguardando os resultados do trabalho dessa Comissão. Antes disso não vejo necessidade de se criar uma CPI, a não ser que, desde já, esteja desconfiando do trabalho dessa comissão. Depois do dia 3, se não ficar satisfeito com os resultados do trabalho da comissão, aí sim, assino a CPI.
Atenciosamente

João Salame

————–

NB: Deputado Salame, com todo respeito e fé que o poster sempre depositou em seu mandato, aguardaremos o desenrolar dessa Comissão de Sindicância. De antemão, devo dizer-lhe, a expectativa não é das melhores.

Açula, de resto, o desânimo que perpassa o fastio da  maioria de seus colegas quando o tema CPI é abordado abertamente. Nesse angu, caríssimo Salame, não deve ter coisa boa.

Inda mais quando se sabe que grande parte das fraudes ocorreu durante a presidência do espertíssimo viajado ex-deputado Domingos Juvenil (PMDB).

Em todo o caso, o tão falado  benefício da dúvida deve pevalecer.

Por enquanto, por enquanto.