Hiroshi Bogéa On line

Enquanto isso…

A guerra da mídia contra o governo federal toma dimensões jamais vistas. Não me lembro de tantos ataques e de tamanha virulência contra um governo, como os que vêm sendo desferidos contra o governo federal. Talvez somente a campanha de Carlos Lacerda contra Getúlio Vargas tenha sido de tal monta.

Extraído do post Assédio Judicial assinado pelo mestre Francisco Junior, no Flanar.

O ódio, principalmente, dos grandes jornais de Rio e São Paulo, historicamente ligados aos interesses maiores do PIB dos dois Estados.

Post de 

2 Comentários

  1. Hiroshi Bogéa

    23 de fevereiro de 2008 - 11:54 - 11:54
    Reply

    Por essas e outras milongas, é que admiro a sensibilidade social do Lula em combater de frente essa corja, inclusive acabando com o monopólio de produção editorial do país que até o final do Governo FHC era controlado pelo Grupo Abril – ora VEJA!.
    Você sabe que a Abril produzia quase todo o acervo didático brasileiro, e a partir do governo Lula os Civita perderam no primeiro mandato do presidente algo em torno de R$ 1 bilhão, valor distribuído entre diversas editoras do resto do país, com enfase para algumas empresas do Nordeste.
    A “coisa” vem daí, Francisco. O Lula disse Não à concentraçào selvagem e desonesta. Redirecionou verbas para o “resto”- como você destaca.
    Temos de denunciar essa campanha bandidata do Estadão e de outras midias ligadas a máfia que acompanhou FHC por oito anos.
    Um abraço.

  2. Francisco Rocha Junior

    22 de fevereiro de 2008 - 16:44 - 16:44
    Reply

    Hiroshi, obrigado pela “ribalta”.
    Realmente, cada vez aprofunda-se mais a briga provinciana pelo poder, centrada no estado de São Paulo. O resto do Brasil é o que a própria expressão consagra: resto.
    Abs.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *