Hiroshi Bogéa On line

Endurecendo o jogo

Pranchetas circulando em Marabá com nova pesquisa sobre o Pólo Siderúrgico de Carajás objetivando medir a imagem do setor e identificar cenários.
Na esteira: a partir de agosto, o deputado João Salame deve apertar o cerco às empresas ligadas ao setor siderúrgico e mineração. Motivos: falta de investimentos, inclusive em comunicação.

Post de 

2 Comentários

  1. hiroshi

    25 de julho de 2007 - 10:05 - 10:05
    Reply

    Também te linkei, Alcinéa. Diariamente me atualizo e aprendo um pouco lendo teu blogue.
    Beijos

  2. Alcinéa Cavalcante

    25 de julho de 2007 - 03:53 - 3:53
    Reply

    Teu blog é uma das minhas paradas obrigatórias. Nele fico sabendo em primeira mão o que rola nos bastidores da política amapaense, por isso te linkei.
    Beijos

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *