Hiroshi Bogéa On line

Encontrado corpo de professora desaparecida em Moju. Dívida de R$ 30 mil pode ter motivado o assassinato

O corpo da professora Maria Eunice Nunes de Medeiros, de 42 anos, conhecida como Nice Salvatory,  que estava desaparecida desde a última sexta-feira (11), quando saiu de casa para cobrar uma dívida, foi localizado em um ramal próximo a Moju.

O cadáver estava enterrado em uma cova rasa e foi encontrado no início da tarde desta segunda-feira (14), próximo da Vila Poacê, na rodovia dos Quilombolas, a 9 km da sede da cidade, localizada na Região do Baixo Tocantins, nordeste paraense.

Uma dívida de 30 mil reais pode ser a motivação para a morte da professora Nice Salvatory.

A suspeita é da família, que entregou à Polícia Civil imagens de câmeras de segurança que mostram a vítima sendo seguida após sair de uma residência onde esteve para cobrar o valor. Nice saiu de casa na sexta-feira, 11, para fazer cobranças de empréstimos e não retornou. O veículo da vítima e a bolsa da professora foram encontrados horas depois.

Foi o marido de Nice, Jhon Lenon Pereira, que solicitou as imagens aos proprietários das residências ao longo do trajeto percorrido pela esposa.

Segundo ele, em um dos arquivos é possível observar o carro da professora sendo seguido por um veículo de cor prata, inclusive com a identificação da placa.

O empréstimo de 30 mil reais teria sido feito à empresários da cidade ligados ao ramo da construção civil.

Um caderno de anotações referentes as diversas dívidas também estão em posse da Polícia.

Nice não lecionava há dois anos e obtinha renda por meio de vendas de roupas, cosméticos e empréstimos de dinheiro a juros.

O  enterro da professora será nesta quarta-feira, 16, na cidade de Concórdia.
Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *