Derrocagem do Tocantins: empresários concluíram visita técnica ao Lourenção

Publicado em 22 de outubro de 2014

 

Desde as primeiras horas de terça-feira, no  interior do Barco Motor Plínio, doze empresários do setor de construção  realizam visita técnica em toda a extensão do Pedral do Lourenção, percorrendo 49 km do trecho que será derrocado, para viabilizar a Hidrovia Araguaia-Tocantins.

Há poucos instantes, o blog localizou, pelo celular, o empresário do setor de turismo, Cláudio Pinheiro, dono da embarcação, que faz parte da comitiva.

“Estamos de retorno a Marabá, depois de irmos até o final do trecho onde será feita a canalização do rio. Neste momento,  passamos o Lourenção,  retornando a  Marabá, onde deveremos chegar  às 17 horas”, disse Pinheiro.

Cláudio não quis dar mais informações sobre a visita técnica.

“O que posso dizer é que tudo transcorreu normalmente, a comitiva percorreu o trecho não apenas no Barco Motor Plínio,  em lanchas também, que colocamos a disposição de todos,  para os levantamento técnicos necessários”, limitou-se a informar.

A visita técnica é para que as empresas possam apresentar suas propostas, ao  edital  de Licitação que contratará empreiteira  para a elaboração dos projetos básico e executivo, das ações ambientais bem como a execução das obras de derrocamento para a implantação do canal de navegação.

A abertura das propostas está prevista para as 10 horas do dia 4 de novembro  próximo.

O modo de disputa do edital será aberto e o critério de julgamento será o maior desconto, sobre o valor estimado de R$ 452.314.140,71.

Recursos para a derrocagem do Lourenção   estão garantido no PAC 2, por determinação da presidente Dilma Roussef.

Empresários realizam visita técnica ao Lourenção
Empresários realizam visita técnica ao Lourenção.