Em terra de cego…

Publicado em 17 de maio de 2009

Lembram do Dionísio Gonçalves de Oliveira, aquele rapaz com ares de prima-dona do setor educacional de Marabá? Pois bem, à rapidez meteórica com que chegou no município, escafedeu-se! 

Deu bye, bye sem dizer adeus.

O moço agora é um bem-sucedido empresário do setor mineral de Ourém. 

Esperto que só ele, tratou de montar naquele município uma cooperativa de extração de seixo, depois de  convencer, com o bico-bom que tem, os colonos da região, sobre o bom negócio. 

Não deu outra: o ex-professor e defensor dos educadores oprimidos, agora nada de braçadas. 

Brigar pelo pó-de-giz, pra quê, se temos seixo?!