Hiroshi Bogéa On line

Em Redenção, justiça bloqueia bens de Wagner Fontes

Confirmado: a  Justiça Federal de Redenção tornou indisponível bens do ex-prefeito e atual vereador Wagner Fontes.

O bloqueio de bens e contas bancárias foi decretado pelo juiz Pedro Maradei Neto “para assegurar a redução de prejuízos causados ao erário público”.

Investigações da Polícia Federal e da Controladoria Geral da União  detectaram várias irregularidades  em obras tocadas pelo ex-prefeito.

Uma delas envolve a construção da UPA (Unidade de Pronto Atendimento), obra avaliada em R$ 1.647.455,67 milhões.

Relatório da  CGU aponta que a obra foi superfaturada, com materiais utilizados de baixa qualidade, tanto que, logo após  levantadas, as paredes já estavam com rachaduras do teto ao chão.

O bloqueio de bens de Fontes é de R$ 1.433.726,53.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *