Hiroshi Bogéa On line

Em Marabá, apenas DS apoia tese de candidatura própria do PT

 

No debate realizado final de semana em Marabá, entre as tendências do Partido dos Trabalhadores que disputam a presidência da legenda, apenas representantes da Democracia Socialista (DS) defenderam  vigorosamente  a tese de lançamento de candidatura própria ao Governo do Estado.

As demais, de forma clara, vincularam o futuro da eleição estadual ao projeto de reeleição da presidente Dilma Roussef, defendendo o nome de Helder Barbalho como cabeça de chapa majoritária.

O vice-prefeito de Marabá, Luiz Carlos Pies, do PT Pra Valer, dependeu explicitamente apoio a Helder desde o primeiro turno.

Estavam presentes, de lideranças estaduais, Paulo Rocha (Unidade na Luta), Beto Faro (AS),  Zé Geraldo (PT Pra Valer) e Claudio Puty (DS).

Ressalte-se:  as três tendências que direcionam movimentos favoráveis à chapa Helder (governador) e Paulo Rocha (Senado)  integram o chamado Campo Majoritário, liderado no país pelo  ex-presidente Lula e Dilma Roussef.

Na visão do deputado Zé Geraldo, embora sinalize apoio a Helder, o ideal seria o PT esperar até o mês de fevereiro, para decidir o rumo a tomar na eleição estadual.

Durante debates, um dos candidatos à presidente do PT municipal, Marcelo Alves, aplicou saia justa nas lideranças estaduais, ao questionar posicionamento do deputado Miriquinho Batista de apoio à candidatura vitoriosa de Sancler Ferreira, prefeito de Tucuruí, para a Amat – em detrimento da união em torno do nome de João Salame, prefeito de Marabá.

Abertamente, Miriquinho Batista trabalhou junto aos prefeitos pedindo votos para Sancler.

A intervenção de Marcelo causou constrangimento entre os petistas, provocando mudança de rotas, com a colocação de panos quentes,  a fim de que a questão não fosse debatida à profusão.

Marcelo Alves declara abertamente que Miriquinho foi “um traidor”.

Quem se posicionou de forma clássica a respeito do questionamento foi a deputada estadual, ao assumir compromisso de levar a denúncia de Marcelo à Executiva Estadual do PT.

A presidência do PT estadual está sendo disputada pelas candidaturas de Ze Geraldo (PTPV), Milton  Zimmer (AS) Marquinhos Oliveira (UL) e Cláudio Puty (AS)

Em Marabá, a executiva municipal  é disputada pela deputada estadual Bernadete ten Caten (PTPV), vereadora Toninha (AS) e Marcelo Alves (DS).

Post de 

18 Comentários

  1. Carajás

    19 de setembro de 2013 - 16:37 - 16:37
    Reply

    como os discursos mudam, todo mundo sabe que o tal deputado Pediu votos para o candidato Sancler na eleição da AMAT, varios prefeitos falam isso por ai nas rodas, inclusive João Salame, não venha com fantasias meus caros o miriquinho articulou contra na eleição da Amat !

  2. Carlos Borromeu

    19 de setembro de 2013 - 01:24 - 1:24
    Reply

    Meu caro amigo Hiroshi,ó dep Miriquinho, não tomou partido na eleição da AMAT,ele sempre falou que era uma questão politica dos prefeitos,queremos sim trabalhar buscando projétos para Marabá,e região,temos compromisso com tudo ó que Salamme prometeu no palanque,e já temos emenda para ó asfalto,estamos articulando projétos para mandióca,á duas semanas passadas ó secrétario de educação com o dep Miriquinho cadastrarão 82 onibus escolares no MEC,teremos em breve á criação de peixe em tanque rede no rio toncantins,é um projéto da secrétari de agric,e ó deputado miriquinho, colonia Z 30,e estamos indo com ó secrétario de agric á Tomé Açu,reunir na ACANTA,para implantarmos ó projéto agroflorestal.é tudo ó que quéremos para Marabá.

  3. Mais PT

    18 de setembro de 2013 - 22:42 - 22:42
    Reply

    Marcelo fala em traição do deputado Miriquinho, ao ter apoiado Sanclair para presidente da Amat. Teria ocorrido traição mesmo? Como pode ter havido traição, se o deputado tem sido um parceirão do governo Salame, como vc mesmo constatou, Hiroshi?
    Salame, como bom político que é, já deve ter superado esse desencontrozinho com Miriquinho, fato que Marcelinho teima em ressuscitar, a fim de apimentar seu discurso sem sal.

  4. Barbara Silva Conder

    18 de setembro de 2013 - 20:26 - 20:26
    Reply

    O que eu acho interresante essas parcerias que horas querem cortar o rabo um doutro, mas são da mesma laia.
    Imagino esse filme de terror aqui em nossa região:
    PT (Bernadet, Luiz Carlos, Zé Geral, servidores publicos e etc… etc…e os novos amiguinhos do “reino”: Barbalhos pai e filho, que dentro de suas cabecinhas pervertidas ja começaram a fazer campanha pra serem governadores do Carajás, como paraense e marabaense com muito orgulho, isso não vai acontecer!). Será meu Deus que vamos regredir td de novo? Que nosso povo tenha muita atenção que esse grupinho não quer desenvolvimento nenhum, mas PODER…PODER…PODER! mesmo que pra isso tenham que jogar baixo (tipico deles!) não me admira, terem negociado quem será o governador de Carajás (que não vai acontecer!), quem os senadores e deputados, pq é só isso que eles buscam PODER….PODER!!!
    A melhor resposta será nas urnas!

  5. PT de Marabá

    17 de setembro de 2013 - 22:19 - 22:19
    Reply

    Eu achei muita coragem deste menino peitar os capas preta do PT de Belém, grandes lideranças aparecem nestes momentos, eu conheço o PT aqui em Marabá, aqui todo mundo reclama por traz mais não tem coragem de dizer na frente e nem de tomar posição, o miriquinho precisava ouvir isso, já que ninquem peita deputado federal no PT nem mesmo a direção o Marcelo meteu a cara e falou, eu gostei muito ta atitude dele, lavou a alma de muita gente, outra coisa tem meia dúzia de gato pingados aqui no PT em marabá querendo queimar o companheiro com negocio de unidade e etc, eu acompanhei tudo isso a unidade nunca investiu em marabá, por isso ela não existe aqui e tando que eles nem lançaram chapa para concorre a presidencia municipal, e ainda tem gente lá que nem fez campanha para vereador dos candidato do PT, e muita cara de pau viu, pronto falei !

  6. Marcelo Alves

    17 de setembro de 2013 - 21:52 - 21:52
    Reply

    agradeço a todos os comentários com elogios e criticas, isso faz a gente crescer mais quero dizer aqui que eu não tenho nada contra o Deputado Mi riquinho Batista, acho um bom deputado, mais a fala que eu fiz e em relação a eleição da AMAT CARAJÁS, como aliado do Prefeito João Salame e por ser oposição ao governador Jatene não poderia deixar passar em Branco o que aconteceu, quem pensar que eu estou mentido pergunte ao prefeito João Salame, ele ira responder.
    Para o ponderado que diz que eu tenho pratica de comprar votos, rsrs diga quando eu comprei votos ? ate mesmo se eu tive-se dinheiro para tal e se tive-se feito hoje seria Vereador eleito em Marabá, outra coisa eu era alinhado com a Unidade ? quando ? eu fui candidato a vereador os caras nunca me deram uma ligação, não fizeram um santinho na minha campanha de vereador, etc, acho ate graça rsrs, eu pergunto ? o que e ser oportunista quando vc não recebeu nada, só entregou rs, agora eu duvido que vc tenha coragem de colocar seu verdadeiro nome meu caro Ponderado ? eu sou político que fala e mostra cara, como fiz no debate do PT, não devo nada a ninguém a não ser deus, e faço política em que acredito, se eu fosse oportunista teria aceitado a escolha do PT que me escolheu para ser secretario de Turismo do gov Salame, que quiser tira prova peque a ata do DIRETÓRIO do PT de dezembro de 2012, vcs vão ver lá por 22 votos a 0 escolheram eu para o turismo e o Bressan para a educação, mais o Prefeito me convidou para compor o gabinete como assessor dele, e eu analisei dentro da estratégia política que eu traço seria melhor politicamente e pior financeiramente e eu escolhi pela política, isso e ser oportunista ? deixar de ganhar 5 vez mais e ser oportunista ? acho que tem gente com dor de cotovelo ai, mais aqui vai um conselho, se empenhe mais, fale a verdade, cumpra os compromissos e tenha fidelidade com que realmente te ajuda, assim vc ira longe caro ponderado !

  7. JBS

    17 de setembro de 2013 - 21:03 - 21:03
    Reply

    Essa briga do PT pela candidatura própria na minha opinião faz sentido se a maioria que mesmo apoia a candidatura dos Barbalhos. Vamos é lançar uma candidatura própria indicando um candidatado da região do Carajás. Porque se o Barbalho conseguir se eleger a Deus Estado de Carajás.

  8. Marabá City

    17 de setembro de 2013 - 19:47 - 19:47
    Reply

    O Marcelo, por ainda ser jovem, está sem rumo.
    Resolveu eleger o Deputado Mirirquinho como seu alvo principal. Mas como o Deputado o ignora, ele morre de raiva.
    Agora, tem uma pessoa que pode lhe falar sobre o deputado Miriquinho. É o seu amigo Jorge Bichara, secretário municipal de agricultura. Ele lhe dirá o quanto o deputadompetista tem contribuído com o Município.

    • Hiroshi Bogéa

      17 de setembro de 2013 - 20:30 - 20:30
      Reply

      Marabá City, eu tenho acompanhado o empenho do deputado Miriquinha para ajudar a prefeitura de Marabá, através da Secretaria de Agricultura. Ele já conseguiu um trator de esteira e uma escavadeira hidráulica para o órgão, além de disponibilizar emenda para a aquisição de tanques redes e uma estação de alevinagem. Ainda este ano, esses dois projetos serão implantados, com a participação da Colônia Z-30.Trocando em miúdos, o parlamentar tem sido um parceirão.

  9. Ponderado

    17 de setembro de 2013 - 19:27 - 19:27
    Reply

    Prezado Hiroshi,

    Marcelo não integra nada de novo na política local. Embora jovem, é dono de práticas antigas, entre as quais está a compra de votos.
    Em sua prática no interior do PT, revela-se oportunista. Até bem pouco tempo era alinhado na corrente Unidade na Luta. Era um dos maiores críticos do Deputado Cláudio Puty. Por que sua vaidade não aceitou resignar-se à condição de mero coadjuvantes, o rapaz passou de Malas e bagagens para a Democracia Socialista. Puty logo o presenteou com um apoiozinho e ele passou a fazer um discurso radicalóide, quase sectário.
    Quanto à candidatura própria do PT ao Governo do Estado, defendida pelo Puty e pela DS, muitos se enganam que essa posição tenha alguma coisa a ver com rejeição a uma aliança com os Barbalho. Puty apenas acredita que o candidato do PT tem condições de estar entre os que irão para o segundo turno das eleições. O deputado da DS não descarta defender apoio ao candidato do PMDB no segundo turno, mesmo sendo um Barbalho.

  10. Humberto

    17 de setembro de 2013 - 17:42 - 17:42
    Reply

    Marabá precisa de novas lideranças e Marcelo tem este perfil lutador, visao de futuro e muita coragem para enfrentar os caciques que mandam na politica da região.
    Vamos todos os militantes apoiar candidatura propria ao governo do estado do Pará

  11. marabaense atento

    17 de setembro de 2013 - 12:39 - 12:39
    Reply

    Esses petistas de alta plumagen são muito cara de pau .o miriquinha trabalha contra a nossa região e vem aki querer que a gente diga amém pra ele. e ainda tem cara de pau do pt local cheio de dó dele.era só o que faltava.

  12. paulo carvalho

    17 de setembro de 2013 - 09:57 - 9:57
    Reply

    Postura do miriquinho é a mesma que o dep bordalo(esse escremento de deputado)adota pra atacar quem não tá coma tese destes que querem enterrar de vez este partido no Pará.

  13. Eduardo Rosas

    16 de setembro de 2013 - 19:26 - 19:26
    Reply

    Muito válidas as críticas do Marcelo Alves. Eeste comportamento “caça níquel” do deputado Miriquinho deve ser questionado a exaustão. Pena que, se levada a discussão ao PT estadual, dará em coisa alguma como sempre.

  14. Luis Sergio Anders Cavalcante

    16 de setembro de 2013 - 18:11 - 18:11
    Reply

    Hiro, diante desse cenario, lembro, e há que se lamentar, a antiga presença combativa e de luta, do hoje, Secretario de Administração do governo João Salame, Sr. Ademir Martins, ex-vereador. Ao que parece, o político abandonou suas ideologias – a exemplo do núcleo principal do próprio PT – e, contenta-se em ser mero coadjuvante em pastas de outros governantes. Sr. Ademir, pessoa honesta, foi presença atuante e constante em lutas por causas nobres em nossa cidade enquanto vereador. É lamentavel e triste o que acontece atualmente com esse político. Talvez decepcionado com os rumos que tomou o seu partido(PT) aguarde o ocaso resignadamente. Em 16.09.13, Mba.-PA.

    • Hiroshi Bogéa

      16 de setembro de 2013 - 20:47 - 20:47
      Reply

      O Ademir mantém as mesmas convicções combativas, tanto que a DS, tendência a qual ele integra, defende a candidatura própria do PT ao governo do Estado. Por que sacrificar o Ademir, aqui nesse debate?

  15. Jader Santos

    16 de setembro de 2013 - 17:38 - 17:38
    Reply

    Precisamos mudar as cabeças e atitudes, Precisamos de Novas Lideranças por isso acredito na vitoria de Marcelo Alves lute companheiro que muita gente esta acreditando em você.

  16. Malu Maia

    16 de setembro de 2013 - 17:37 - 17:37
    Reply

    O Marcelo teve e tem muita garra e coragem para enfrentar tantas pessoas influentes na politica da região, a cada dia nos surpreendemos com a coragem que tem de enfrentar os dsafios que surgem ao longo de sua carreria em busca de ingressar na política.
    Vamos a Luta amigo Marcelo, quem não luta nunca terá chances de vitória.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *