Hiroshi Bogéa On line

Em 2013, Prefeitura realiza mais de R$ 22 milhões em obras educacionais. Para 2014, são mais R$ 24 milhões aprovados

 

Num período de quase doze meses cheio de percalços, e esforços permanentes para a desativação quase que semanal de bombas prontas a explodir, a prefeitura de Marabá terminará o ano fazendo mais sacrifícios para fechar as contas.

E não vai conseguir.

Levará para  2014 cerca de R$ 9 milhões, na coluna restos a pagar, que estavam programados para quitação até o final de dezembro.

O aperto de caixa cada dia mais dramático está obrigando o adiamento do pagamento de muitas faturas agendadas para este mês,  para que a prefeitura consiga honrar o salário de dezembro e o 13. da Educação.

A situação é tão delicada que o próprio prefeito anunciou, para mais de 500 professores presentes a uma reunião no Cine Marrocos,  segunda-feira última, a disposição para cortar na carne mais despesas da secretaria, entre elas a necessidade de demissões e redução de benefícios dados ao setor, na gestão de Maurino Magalhães, sem o devido estudo de impacto na folha de uma série de gratificações.

O que tem causado mais fragilidade no caixa da prefeitura, é o pagamento, ao longo deste ano, de quase R$ 50 milhões de dívidas deixadas pelo ex-gestor.

No meio da bagunça, inclui-se salários e décimo terceiro de 2012, recolhimento de previdência, descontada dos servidores mas não paga pela prefeitura; e uma série de outras pendências que deixaram o CNPJ da prefeitura, o ano todo, incluso no CAUC.

Somente no final de novembro, o nome da município ficou sem restrição no cadastro nacional de inadimplentes, o que impediu, também, o ingresso, nos cofres da prefeitura, de soma fabulosa de recursos conseguidos por João Salame, em Brasília, para obras de infraestrutura, principalmente.

Embora a situação financeira tenha sido desastrosa, a área Educacional  conseguiu, enfrentando vendavais atrás de vendavais,  boas notícias.

A gestão de Salame está construindo  seis Núcleos de Ensino Infantil (NEI), totalizando R$ 5.146.485 milhões em obras.

 

NEIs em construção:

 

NEI Capistrano de Abreu, no valor de R$   554.215,68

NEI  Morada Nova  –  R$ 1.247.991,32

NEI Vila São José  – R$ 1.199.372, 25

NEI Marluse Ferreira da Silva  (Folha 6)  – R$ 1.047.123,27

NEI Emília  Ferrero (bairro Laranjeiras) – R$ 590.209,27

NEI Antônio Ribeiro (Vila Santa Fé) –   R$  506.777,80

 

 

Quadras Esportivas Cobertas

A prefeitura de Marabá também está construindo  quatro quadras poliesportivas cobertas, totalizando   R$ 2.095.344,00 de investimentos, nas seguintes escolas>

EMEF Castro Alves (Vila São Pedro) – R$ 497.373,09

EMEF Nagib  Mutran  (Vila Capistrano de Abreu)- R$ 497.373,09

EMEF Adão  Machado  (Vila Três Poderes) – R$ 497.373,09

EMEF Tancredo  Neves II (Vila Sarandi) – R$ 603.221,81

 

 

Construção de Escolas

Na área de construção e reforma de escolas, o município está com obras no valor de R$ 15.086.582,00, totalizando 14 estabelecimentos educacionais, nas zonas urbana e rural.

São elas:

 

EMEF Luzia  Nunes Fernandes – R$ 1.618.843,32

EMEF Felipa Serrão  (Folha 11)- R$ 1.687.738,58

EMEF Vale do Itacaiúnas (Vila Pompex) – R$ 969.977,75

EMEF Adão  Machado  (Três Poderes) – R$ 448.165,33

EMEF Manoel  Cordeiro  (São Félix)- R$ 679.646,20

EMEF Jean Piaget (Vila Santa Fé)-  R$ 837.752,97

EMEF Folha 25  – R$ 1.659.411,20

EMEF Maria Lúcia Bechara  (Coca-Cola) – R$ 1.691.615,80

EMEF Castro Alves  (Vila São Pedro)- R$ 1.570.271,68

EMEF Jardim União – R$ 1.278,626,89

EMEF Francisca de Oliveira Lima ( Folha 34) – R$ 704.575,95

EMEF Walquise Viana  (São Félix) – R$ 480.159,42

EMEF Miriam  Moreira (Nova Marabá) – R$ 873.256,46

EMEF  Fé em  Deus (Morada Nova)  –  R$ 586.138,41

 

 

Núcleos de Educação Infantil aprovados

Afora o montante de recursos já liberados com obras ativadas, a Prefeitura de Marabá já tem aprovados em Brasília, também para a área educacional,  recursos para a construção de mais  doze NEIs (Núcleos de Ensino Infantil),  que totalizam quase R$ 20 milhões, mais precisamente R$  19.364.766,00 -, que serão erguidas nas seguintes localidades

 

NEI  Residencial Tiradentes (Morada Nova) Valor R$ R$: 1.823.374,01

NEI  Residencial Vale do Tocantins (Bairro São Félix) – R$: 1.836.195,46

NEI  Loteamento Jardim do Éden (Bairro Morada Nova) – R$: 1.819.374,01

NEI  Folha 25 – Valor R$: 976.819,46

NEI  Nova Marabá ( Local a ser escolhido) – Valor R$: 1.823.374,01

NEI  Vila Santa Fé – Estrada do Rio Preto – Valor R$: 1.837.971,48

NEI   Vila Três Poderes – Valor R$: 976.819,46

NEI  Fundação Casa Santa Rosa (Velha Marabá)  –   Valor R$: 976.819,46

NEI bairro  Nossa Senhora Aparecida (Coca-Cola) –  R$ 1.823.374,01

NEI   Km: 07 –  R$: 1.823.894,11

NEI  Bairro Infraero –  R$: 1.823.374,01

NEI   Folha 35 –   R$: 1.823.374,01

 

 

Novas escolas

João Salame comemora ainda a conquista de recursos da ordem de R$  4, 1 milhões, para a construção, a partir de 2014, de quatro novas escolas de Ensino Fundamental, totalizando 24 salas de aula, nas seguintes localidades,

 

EMEF  “Carlos Mariguela” (06 salas de aula) – PA.  26 de Março –   Valor R$: 1.021.561,20

EMEF  “Heberth de Souza” (06 salas de aula) – PA.  Itacaiúnas – Vila Albany – Região do Contestado – Valor R$: 1.021.561,20

EMEF  “Vila União”, 06 salas de aula  (Estrada do Rio Preto) – Valor R$: 1.021.561,20

EMEF  “Sororó”, 06 salas de aula  (Estrada do Rio Preto – Vila União)  – Valor R$: 1.021.561,20

Post de 

1 Comentário

  1. Miklen Nicole

    9 de julho de 2014 - 16:04 - 16:04
    Reply

    Olá Sr. Hiroshi,

    Sou Mãe, e vejo o empenho do prefeito e melhorar nossa cidade, gostaria que ele fizesse um esforço a mais para conseguir implantar um projeto para crianças apartir de 3 anos para desenvolver atividades esportivas como ginastica ritmica, entre outras atividades não só o futebol,tenho certeza que há muitas mães como eu, torcendo para proporcionar o lazer e educação esportiva para seus filhos, não sei se há em outros nucleos mas aqui na nova marabá desconheco esse tipo de atividade.

    Brincadeiras educativas, ajuda muito no desenvolvimento de uma criança, muitas mãe não tem instrução de como lhe dar com seus filho como educa-lo de maneira correta esse tipo de projeto de ajuda aos pais seria interessante para a relação pais e filhos!

    Agradeço.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *