Elka deu as caras na CEI

Publicado em 8 de fevereiro de 2011

Finalmente, a vereadora Elka Queiroz (PTB) apresentou-se diante da Comissão Especial de Investigação para defender-se das acusações de desvio de função e quebra de decoro, acompanhada de um novo advogado, durante audiência de instrução realizada nessa segunda-feira, 7, na Câmara Municipal de Marabá.

João Nery é o novo advogada da parlamentar, em substituição a Inocêncio Mártires.

Passada a fase das chamadas oitivas, quando acusada e  testemunhas são ouvidas pela CEI, relatório da investigação será encaminhado ao plenário para aprovação ou não do que for sugerido pelos três membros da comissão.

Até o presente momento, a tendência é de que a CEI relate pela suspensão do mandato da parlamentar por 90 dias, bem como retirada do veículo locado para a vereadora. No mínimo, é isso o que espera a sociedade marabaense.

Caso a punição seja mais branda, a atual Câmara Municipal estará, definitivamente, desmoralizada.