Hiroshi Bogéa On line

Efetivo do 4o BPM terá mais 120 homens

 

Major EduardoTão logo seja concluído o curso de formação, atualmente  em sua fase final,  o efetivo do 4o. BPM de Marabá terá aumento de 120 homens.

Informação é do comandante da instituição, major Eduardo Pimentel (f0t0), envolvido diretamente na qualificação dos profissionais que atuarão sob seu comando. “Dos 120 homens em formação, cem ficarão lotados no quartel de Marabá, enquanto o restante seguirá para atuar na Companhia da PM de Rondon do Pará”, explica.

Atualmente, o 4o BPM dispõe de 531 militares. “Ideal seria que tivéssemos 900 homens, mas aos poucos chegaremos lá”, diz.

Informação importante colhida junto ao oficial dá conta de uma reengenharia militar em estudos, no comando-geral da Polícia Militar, em Belém, para criar mais um batalhão em Marabá.

“O 4o BPM deverá ficar responsável pela segurança dos Núcleos Nova Marabá e Velha Marabá, enquanto o novo quartel cuidará da área habitacional do outro lado do rio Itacaiúnas. Essa medida, caso venha a ser deflagrada, será muito benéfica para a segurança pública de Marabá e região. Não podemos fechar os olhos à possibilidade de um dia a ponte sobre o Itacaiúnas ficar interditada por tempo indeterminado. Como enviaríamos, em caráter de urgência, policiamento para a Cidade Nova? Usando canoas para a travessia do rio, é muito vagaroso e ineficiente, diante da necessidade de uma ação estratégica”, explica Eduardo.

Além de Marabá, o  4o BPM é responsável pela segurança de oito municípios: Itupiranga, Nova Ipixuna, Palestina, Brejo Grande, São Domingos, São João,  São Geraldo e Piçarra.

Post de 

1 Comentário

  1. Luis Sergio Anders Cavalcante

    12 de outubro de 2013 - 17:32 - 17:32
    Reply

    Hiro, e assim seguimos. A medida é benéfica ? Sim. Mas, percebe-se que, por falta – ainda – de melhor planejamento preventivo e aporte de recursos, sempre se está atrás de um mínimo do ideal. Com o efetivo militar e armamento sempre defasado, não acredito que mudará muita coisa. A PM padece de estrutura básica(helicópteros, aviões(sim) para atender às peculiaridades de nossa extensa e desprotegida região. Situações corriqueiras em nossas ruas, como o excesso de volume e velocidade de sons em automoveis, motos e carros, ou na contramão etc…, que às vezes assistimos membros da PM “fazerem vista grossa” como se “não fosse com eles” nos dá uma noção do quanto a PM/PA é despreparada para a função que exerce. Em 12.10.13, Mba.-PA.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *