Hiroshi Bogéa On line

Educadores ampliam protestos em São Domingos

A terça-feira, 24, foi rica em protestos, no vizinho município de São Domingos do Araguaia.

Manifestações  se prolongaram por todo o dia, em vias urbanas  e num trecho da BR-153, rodovia federal que corta a cidade (foto).

Na BR-153, educadores da rede municipal  tocaram fogo em pneus e interditaram a pista por um bom tempo.

Manifestantes condenam o prefeito Pedro Paraná  contra o corte de  benefícios.

Cyanna Lima Santana conta que o dia de ontem foi “um dia de luto”.

No âmago dos protestos, a narrativa revoltada da retirada de  30% dos salários dos professores.

O estado de guerra nas ruas da cidade denunciou também  o terrorismo imposto pela prefeitura, ameaçando pessoal de apoio de perda  de suas gratificações.

Segundo Cyanna,os educadores estão há cinco dias em greve, sem que o prefeito se manifeste sobre a questão.

As paralisações continuarão, até o atendimento às reivindicações da categoria.

 

Post de 

2 Comentários

  1. Marcus

    26 de abril de 2018 - 16:28 - 16:28
    Reply

    Esse tipo de protesto, que interdita as rodovias, com todo respeito, é para mim o TIPO MAIS BURRO de protesto. Ao invés de sensibilizar a população para a causa, provoca o efeito contrário, pois interfere na vida de quem não tem nada a ver com a situação.
    Ora, o problema é com o prefeito? Por que não fecham a prefeitura? Por que não fecham a Câmara? Provoquem aqueles que realmente poderão fazer alguma coisa

  2. Apinajé

    26 de abril de 2018 - 11:20 - 11:20
    Reply

    Saudades da professora Claudina,nos anos setenta lecionava em sua casa,uniforme,calção azul marinho,camisa branca,gravata de cor igual ao calção no pescoço,aos sábados tínhamos a temida sabatina,tabuada na ponta da língua se não,o amigo distribuía bolo(palmatória)soletrar idem.
    Depois,já alfabetizado,grupo escolar Ernesto Geisel,Saudades das professoras Sebastiana(do barbadinho),Maroca,Erenita,Joana Meire,irmã Josina,irmã Odete e por aí vai,tempos em que se cantava o hino nacional,hasteava a bandeira,tínhamos respeito pelos nossos mestres e também por símbolos nacionais,tempos em que mesmo sem fartura,um dia da semana cada aluno levava de casa algum legume ou outro ingrediente qualquer e dona Leni(nossa merendeira)fazia nossa merenda,nos outros dias a merenda era a de praxe,oferecida pela prefeitura.
    Hoje em dia,as coisas mudaram,professores são desrespeitados pelo poder público e também pelos alunos e como toda ação gera uma reação,aqueles que deviam ser respeitados por seus atos,respondem com o maior desrespeito contra aqueles que nada tem a ver com sua causa,fechar rua,estradas impedindo o direito de ir e vir do cidadão é nivelar por baixo essa categoria que deve ser respeitada e reverenciada na sua essência.
    Saudades do banho no brejo(água gelada)saudades dos meus amigos de infância,Firmo,Fortunato,Maria do Carmo,Dó,Franco,*Preto,*Branco,(**gêmeos e um de cada cor),Ivonete,Zé Alves,Demerval,Joacir,tafanca,santo,Ernannes.Erivelto(pau ronca),Maria Elza,os filhos do Carlito,Sara,Ana,Maria Tereza,chico bicudo,as filhas do Geraldo e dona coló,miúda do Teófilo etc…Estou deixando de citar muita gente,se tiver algum leitor do blog que se identifique e seja contemporâneo,fique a vontade para agregar mais nomes na lista.
    Desculpem-me se me estendi.
    Abraço a todos.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *