Hiroshi Bogéa On line

Edileuza, poesia matogrossense com sotaque universal nas paisagens do Pará

A partir deste domingo, o blog publicará postagens da artista plástica Edileuza Coelho de Oliveira.

Autora de belas crônicas,  Edileuza escreve em suas redes sociais contos, poesias,  artigos políticos e críticas de cinema.

Nascida  no Mato Grosso do Sul, a artista reside em Belém, onde faz trincheira no combate diário às anomalias sociais que tanto afligem o país – particularmente o Estado do Pará.

Suas crônicas são leves, deliciosamente agradáveis de se ler.

Com uma linguagem clara e simples que dispensa ornamentos, o que Edileuza escreve,  agrada.

Apazigua aflições e nos leva à reflexões.

Consultada pelo blogueiro se poderia autorizar a reprodução de alguns posts que escreve em suas redes sociais, Edileuza topou a parada.

Como ela mesmo se autodenomina, Edileuza é um kit multimídia à serviço da cidadania.

Nossos leitores, tenho certeza, gostarão do que aqui será publicado aos domingos.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *