Hiroshi Bogéa On line

É de vero?

Muita gente está achando que a Assembléia Legislativa, por uma pressão aqui e outra acolá, já se arrependeu do convite feito ao conselheiro Alcides Alcântara para apuração da denuncia de existência de corrupção no Tribunal de Contas dos Municípios. A força do corporativismo parlamentar e a troca de favores praticada ao longo dos anos, dizem, tem favorecido o esfriamento do ímpeto inicial das investigações.
Isso é mesmo verdadeiro?

Post de 

6 Comentários

  1. Hiroshi Bogéa

    23 de setembro de 2007 - 23:11 - 23:11
    Reply

    Particularmente, considero perfeitamente possível os deputados aprofundarem as investigações dentro do TCM. Há muita gente séria em nosso parlamento estadual.
    Amanhã, o blog acompanhará on line a sessão.

  2. Anonymous

    23 de setembro de 2007 - 22:38 - 22:38
    Reply

    Hiroshi,

    Meu otimismo só não é maior que meu querer. Seria muito bom que esses deputados levassem adiante essas investigações. Seria um marco na história de nossas instituiçoes. Por mais tímidos que fossem.

  3. Anonymous

    23 de setembro de 2007 - 22:07 - 22:07
    Reply

    Juvencio, com todo o respeito, como gostas de dizer, você demonstra otimismo demais com relação a essa sessão extraordinária dos deputados. Está ocorrendo tanta coisa por debaixo dos panos. Pode acreditar.
    Tomara que seu otimismo se confirme.

  4. Juvencio de Arruda

    21 de setembro de 2007 - 16:35 - 16:35
    Reply

    Pois eu vou dizer uma coisa prá vcs. Conversei com os deputados João Salame e Arnaldo Jordy.
    As declarações de Alcântara, no entender dos deputados, foram longe demais para voltar atrás.
    O MPE já começou as investigações, e o promotor Jorge Mendonça não é de brincadeiras, ou de se arrepender.
    Tarde demais!
    Ou Alcântara ou os funcionários envolvidos com corrupção, não tem coluna do meio…rs
    E os arrependidos serão tratados na medida de seu caráter: quem se arrepender será devidamente anunciado e responderá por isso à opinião pública.
    A mera ausência da sessão já será sinal de falta de postura com a representação a que foram investidos.
    Afinal, quem foi eleito prá fiscalizar não pode se arrepender, né não?
    Quem “mijar prá tras” vai levar uma surpresinha…rs

  5. Anonymous

    21 de setembro de 2007 - 15:41 - 15:41
    Reply

    O Anonimo das 12:13 tem razao. Há um grupo de aproximadamente 20 deputados que não estão gostando dessa sessão especial de segunda-feira. Até se arrependeram de ter assinado o pedido da sessao. Esfriou muito aqui dentro essa questão de investigar o TCM.

  6. Anonymous

    21 de setembro de 2007 - 15:13 - 15:13
    Reply

    Eu acho que você vai acertar mais uma vez. Já existe movimentação aqui dentro da AL pelo afrouxamento das ainvestigações marcadas para segunda-feora, quan do o Alcantara estará depondo em sessão especial. Muitas conversas se registram aqui sobre o assunto. Até o presidente do TCM, Ronaldo Passarinho tem feito, pessoalmente, ligações para deputados.

Leave a Reply to Hiroshi Bogéa

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *