Hiroshi Bogéa On line

É bem assim mesmo

Ulisses Manaças, da coordenação estadual do MST, nega que o movimento tenha radicalizado nos contatos com os governos estadual e federal, retirando-se das audiências de negociações semana passada. Radicalizou, sim!
Fonte do blog especializada em plenárias dos sem-terra conta que a reação da coordenação do MST é um recuo diante da repercussão negativa do rompimento das conversas. Mas garante também que o movimento está preparado para tomar de assalto, de novo, a Estrada de Ferro Carajás.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *