Hiroshi Bogéa On line

E agora, José?

A Operação Satiagraha da PF não apenas veio desmontar o maior esquema criminoso implantado no país nos últimos anos. Enterrará também o mito criado em torno da figura da Lulinha. Todos os documentos extraídos nos cartórios de Marabá e Xinguara, em poder da Polícia Federal, mostram que os verdadeiros donos do império: Verônica Dantas (irmã de Daniel Dantas) e Carlos Rodemburg, ex-marido de Verônica, presidente da Santa Bárbara.

Como ficam aqueles que por diversas vezes acessaram a caixa de comentários do blog para insinuar a participação do filho de Lula em sociedade com Daniel Dantas, na compra de fazendas do Sul do Pará?

Maldade, pura maldade de gentes ligadas ao agronegócio avessas a Lula.

Post de 

8 Comentários

  1. Anonymous

    15 de julho de 2008 - 14:31 - 14:31
    Reply

    Caro Hiroshi,

    A inegável existência do mensalão e o descortinamento daqueles que o operavam é a demonstração inconteste de que negócios obscuros convivem com certa harmonia com as boas intenções do governo Lula. Isso, aliás, faz parte da história do nosso país. foi assim com Getúlio e com JK (lengendários estadistas), foi assim na ditadura militar (apesar de sabermos que médici morreu em modestissíma vida e golbery não tinha muito mais do que uma diretoria de uma multinacional da indústria química. Foi assim também, em magnitude exponencial, na era FHC (as privatizações e a ascensão de gente com DD e Benjamin steibruch, são exemplos!) Portanto, o uso privado do estado brasileiro não é invenção petista; vem de longe… Mas, Hiroshi, apenas o fato de Lulinha, que até outro dia andava mais duro que “marré-de-si”, frequentar com desenvoltura a alta sociedade já é um sinal de que, no mínimo, o menino se valhe da árvore genealógica para escalar a sociedade com destino a seu topo. Tucanos e Petistas, neste aspecto (e em muitos outros), se parecem. a diferença é que o Paulo Henrique (filho de FHC) fala alguns idiomas e o Lulinha estudou nas escolas públicas da vida. Portanto, até neste particular, o govenro Lula promove a ascensão social! E vamos que vamos, na vã dtentativa de depurar nosso processo de formação social.

  2. Hiroshi Bogéa

    15 de julho de 2008 - 12:53 - 12:53
    Reply

    Queridos afoitos comentaristas inimigos do Lula:

    Nenhum Presidente da República teria moral – e coragem -, para colocar sua Policia Federal à caça de gangsters do colarinho branco supostamente sócio de um de seus filhos. Esse papo de “contrato de gaveta”, “contrato de mala”, “contrato de baú”- o escambau que seja – não funciona aqui nessa discussão. Muito menos diante de uma situação de desmantelamento de uma quadrilha formada a partir do governo FHC.
    Façam o seguinte: aguardem mais as investigações, aguardem. Se o Dantas e a turma dele apresentarem cópia desse tal contrato informal do Lulinha com a gang, darei razão a todos.
    Tenho 30 anos de profissão e sei a gravidade de uma união societária de tamanha envergadura. Ela não existe!
    Com isso, coloco um ponto final na discussão, mas continuarei a publicar todos os comentários em contrários – desde que escritos civilizadamente.
    Um abraço a todos.

  3. Anonymous

    15 de julho de 2008 - 11:41 - 11:41
    Reply

    por favor né Hiroshi, você acha mesmo que o Lulinha iria colocar o nome dele vinculado a um negócio que movimenta milhões para entregar de mãos beijadas a oposição…
    é lógico que ele tem contrato de gaveta.

    o povo aumenta, mas não inventa.

  4. Anonymous

    15 de julho de 2008 - 01:52 - 1:52
    Reply

    Seria muito amadorismo colocar o nome do lulinha na composição acionária da agropecuária Santa Bàrbara. O usual em muitos casos são os contratos de gaveta.

  5. Anonymous

    14 de julho de 2008 - 20:44 - 20:44
    Reply

    Hiroshi,

    Engraçado essas fazendas e essa boba tentativa de se vincular LULA e seu filho a Daniel Dantas.

    Fato, fato mesmo, e os anônimos sempre atentos desconehcem é que a irmã de DD é sócia da filha do Serra, ambas se chamam Verônica, uma de sobrenome Rodenburg e a outra de sobrenome SERRA. Antes que os anônimos também confundam serra com o SERRA, este último é o governador se SP.

    Não adianta tentar querer, como faz o PIG, colar DD em LULA, perda de tempo.

    DD é filho de ACM, ceto que foi adotado pelo PSDB.

    Há! Ia me esquecendo, a empresa que as Verônicas têm é de consultoria com especialidade em licitações públicas e privatização, a sede é em MIAMI.

    O demais, é conversa fiada!

    Infelizmente é verdade, uma parte do PT, principalmente aqueles do mensalão, também enveredaram pelos tortuosos negócios do DD.

    Já querer por o LULA na parada, aí é puro devaneio.

    Mas, como não é apenas no PT que tem aloprado, fiquem à vontade.

  6. Anonymous

    14 de julho de 2008 - 19:12 - 19:12
    Reply

    Tá bom LulaHoshi.

    Não sejamos ingênuos, vc. acha que o Lula (por mais que não tenha nada a ver com o esquema) deixaria que seu filho figura-se, formalmente, na constituição societária das fazendas adquiridas por cifras milhonárias, sem poder justificar a origem do dinheiro.

    Venhamos e convenhamos, seria coisa de principiante. Coisa que as investigações já revelaram que não são.

    A pecuária no sul do Pará não é pra turista, então o que vc. acha que o Lulinha vem fazer aqui, passear. Claro que não, fazer negócio sem aparecer.

    Vamo cair na real hiro.

    Com too o respeito mas acho que o Lula não tá te escutando…

    Fico com o comentarista da 1:35 mesmo tendo votado no Lula desde a primeira vez que foi candidato.

    Teu blog é o melhor da região mas não vamos baixar o nível.

  7. Anonymous

    14 de julho de 2008 - 17:14 - 17:14
    Reply

    Ótimo esse post Hiro, eu cansei de brigar com várias pessoas que não se cansavam de rezar essa mesma ladainha…ÉGUA, deixem o LULA em paz !

  8. Anonymous

    14 de julho de 2008 - 16:35 - 16:35
    Reply

    E tu acha que o Lulinha ia colocar o dinheiro dele no negócio? Mas ele não deixa de frequentar a fazenda Cedro em altas diversões com o Daniel Dantas. E quem é íntimo do banqueiro afirma que o filho do Lula tá no negócio.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *