Hiroshi Bogéa On line
Post de 

7 Comentários

  1. Hiroshi Bogéa

    30 de novembro de 2007 - 13:31 - 13:31
    Reply

    Yudice, bom tê-lo aqui de novo.

    Realmente, é safadeza da grossa a prática de preços variados do cimento. Talvez necessidade prazerosa de alguns comerciantes envolvidos nessa ação de inflacionar o custo do produto. Pior é que não aparece um órgao fiscalizador para enquadrar os gabirus.
    Abs

  2. Hiroshi Bogéa

    30 de novembro de 2007 - 13:25 - 13:25
    Reply

    Cris, mudar pra que? É isso que me faz respirar diante da dureza da vida, menina.
    Meu beijo. Meu beijo. Meu beijo.

  3. Yúdice Andrade

    30 de novembro de 2007 - 12:19 - 12:19
    Reply

    Fiz uma pequena obra recentemente e não tive maiores dificuldades para comprar cimento, nem o preço estava em níveis amapaenses, apesar de caro. Dias depois, contudo, soube que o cimento estava sumindo do mercado. Os próprios donos de lojas de material de construção reclamam, as pequenas pelo menos. Estão tendo prejuízo porque falta o que vender. Quando tem, o preço afugenta os clientes. São unânimes em dizer que estão escondendo o produto, para elevar os preços.
    Safadeza da grossa, como sempre.

  4. Anonymous

    29 de novembro de 2007 - 23:44 - 23:44
    Reply

    Por falar em concreto, Belém foi atingida pelo tremor de terra originado no Caribe.

    Deu pra sentir o balançar de dentro de predios.

    Mas a assessoria de comunicação do Estado já informou que a assessoria jurídica da Governadora já esta trabalhando na redação do Decreto que proíbe terremotos em Belém PA.

    O artigo 2º do Decreto em elaboração, prevê que os terremotos estão liberados omente na região do Estado do Carajás e Tapajós.

  5. Cris Moreno

    29 de novembro de 2007 - 22:38 - 22:38
    Reply

    Caramba, menino… parabéns!

    Caramba…estou surpresa! Feliz!

    Não mude nunca! Você é maravilhoso!

    Beijos.Beijos.Beijos.

  6. Hiroshi Bogéa

    29 de novembro de 2007 - 20:53 - 20:53
    Reply

    Obrigado, Marconi. Não tem farra, parceiro. A farra é no batente mesmo, muito trabalho este final de ano.
    Agradeço a manifestação.
    Abs

  7. Marconi Morbach

    29 de novembro de 2007 - 15:23 - 15:23
    Reply

    Fale Hiroshi,

    hoje é teu aniversário cara!?! Onde vai ser a farra? Se eu estivesse em Marabá, faria questão (se você concordasse) de tomar uma cerveja com você.

    Parabéns!!! Te desejo saúde e longa vida. E, claro, por conseqüência, bons debates, boas histórias, bons momentos. Dinheiro também, evidentemente.hehe.

    Grande abraço, Marconi Morbach.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *