Duelo socialista

Publicado em 12 de janeiro de 2008

Mais de 300 militantes da Unidade Socialista estiveram presentes no Sítio do Tomé, em Benevides, prestando solidariedade a Maria Aparecida, atual Secretária de Administração, ameaçada de ser demitida do cargo por solicitação da direção do PSB.

A Unidade Socialista entregou cerca de 40 manifestos da região metropolitana e nordeste do estado em apoio a permanência da Maria Aparecida na SEAD. Caso a governadora mantenha-a no cargo, será um derrota do ex-senador Ademir e seu filho Cássio.

A US mantém contato com o vice-governador Odair Corrêa na tentativa de fazê-lo retornar ao Partido Socialista. Hildegardo Nunes, do SEBRAE, também está sendo sondado para ingressar na legenda. Objetivo da US é apresentar ao PSB/Nacional uma comissão provisória interventora para que recoloque novamente o PSB interagindo com a militância.

O ex senador Ademir Andrade, deputado Cássio Andrade e o presidente de honra, Orlando Bordallo, não saem do telefone, ligando para todos dirigentes municipais. Dizem que ameaçando-os caso venham apoiar a permanência da Maria Aparecida na SEAD.