Duda Mendonça pesa na mão

 

 

Esta aqui foi contada esta manhã por importante membro da Frente “Por um Pará Mais Forte”.

Duda Mendonça está mandando fatura de R$ 200 mil por cada pesquisa que tem encomendado, para auferir o humor dos paraenses em relação a proposta de divisão do Pará em três.

Pesquisas quali e quanti.

O pessoal responsável pela arrecadação de fundos tem chiado.

Claro que não foi por isso, mas o deputado Sebastião Miranda (PTB) pulou lá fora, numa reunião ocorrida sexta-feira com a cúpula da coordenação da Frente, quando sugeriram o nome dele para assumir o Financeiro da campanha pró Estados de Carajás e Tapajós.

Com todas as letras, diante da galera, o parlamentar mostrou o tamanho da sua rudeza, ao declinar do convite formulado pelo deputado Giovanni Queiroz (PDT) para assumir o cargo de Tesoureiro da Frente:

 

Giovanni, eu só arrecado dinheiro para a minha campanha de prefeito.

Convidado outra vez pelo próprio Giovanni para rever sua posição, assumindo o cargo oferecido, Tião mandou ver, replicando:

 

Giovanni, eu só arrecado dinheiro para a minha campanha de prefeito.

 

E como ele se encontrava sentado próximo às vereadoras Júlia Rosa (PDT) e Irismar Sampaio (PR), deu para ouvir nitidamente quando ele complementou:

– E eu já tenho todo o dinheiro de minha campanha arrecadado!

Baixa o pano.