Doxa, de novo, acerta resultado da eleição em Marabá

Publicado em 8 de outubro de 2012

 

Desde 1994 realizando pesquisas em Marabá, a Doxa Comunicação foi infalível em seus  prognósticos estatísticos, este ano.

O instituto de pesquisa de Dornélio Silva, com sede em Belém,  contratado pelo Blog desde junho último, ofereceu números confiáveis . Na primeira rodada, naquele mês, a empresa detectou João Salame  16 pontos atrás de Tião

Naquela época, falava-se em liderança de Miranda com mais de 40 pontos, baseado em pesquisas de outros institutos.

Vendeu-se essa situação de acomodação da liderança imbatível de Tião como se fosse verdadeira.

Salame, nem bem começava  a fechar  entendimentos com  integrantes de partidos que defendiam a chamada terceira via, despontava como nome capaz de unir os grandes partidos de Marabá  em torno de um projeto político que defendia a mudança e transformações profundas no modo de fazer política no município.

A primeira pesquisa da Doxa encomendada por este blog causou furor entre os seguidores de Miranda, impacientes com a diferença até certo ponto confortável entre ele e Salame, mas que não traduzia a quilométrica distância  propagandeada por seus marqueteiros  e afins.

De junho até o dia 4 de outubro, foram cinco pesquisas encomendadas pelo blog.

Em todos os trabalhos de campo  realizados  pela Doxa,  detectamos o crescimento vertiginoso da candidatura  de Salame, até culminar com a   liderança consolidada  de 14 pontos, às véspera da eleição.

O resultado da eleição: João ganhou com 15 pontos à frente de Tião.

Aos críticos venenosos que chisparam a caixa de comentários do blog, a resposta foi dada nas urnas, com a consagração não apenas de Salame, como também  ratificação  exemplar  de profissionalismo da equipe Doxa.

Para relembrar a sequência de pesquisas da Doxa:    AQUI.        AQUI.      AQUI.   AQUI.   AQUI.