Dormindo com Madeleine

Publicado em 18 de setembro de 2007

Se já assisti em toda a minha vida a 30 capítulos de uma novela de TV, superei recordes. Nada contra, apenas o hábito de fazer outras coisas, no horário delas.
Tempo desses, ao ouvir uma voz conhecida de minha seleta galeria de ídolos cantando “Summer Wind” , fui correndo pra perto da televisão certificar-me se era Madeleine Peyroux. Sim, a sua voz faz parte da trilha de “Paraíso Tropical”.
Ontem à noite, peguei uma Coca Zero, dois sandubas de queijo e morri de felicidade curtindo a lindérrima Madeleine (monossilábica demais, por sinal!) bater papo com o Jô.
Tecnicamente, a voz de Peyroux está a anos-luz com seu jazz nova-iorquino e um toque de violão doce tanto quanto ela. Alguns a comparam a Billie Holiday. Nada a ver. Billie foi Billie. Inigualável.
Dormi feliz, confesso. Porque são essas coisas da alma que me trazem contentamento intimo. Liguei meu laptop e “apaguei” ouvindo Smile.
Pra relaxar a segunda-feira, clica em Madeleine Peyroux. Nós a merecemos!