Hiroshi Bogéa On line

Dono do pedaço

Em Marabá, Tião Miranda (PTB) é quem dá as cartas. Ninguém troca de legenda sem conversar com ele. O prefeito assenta pessoas de sua confiança em todas os partidos ligados à base de governo com nítida intenção de eleger forte bancada de vereadores.
O explícito tête-à-tête nas últimas horas de Miranda com as lideranças partidárias sinaliza claramente que ele começou a montar o jogo de sua sucessão. A definição do candidato a prefeito, claro, só a partir de janeiro.

Post de 

3 Comentários

  1. Anonymous

    4 de outubro de 2007 - 18:25 - 18:25
    Reply

    É verdade: Tião Miranda está tentando colocar um dos seus téntaculos até no PT, com a filiação de Ismaelka. A turma do PT pra Vale não gostou nada da idéia. Ela seria uma espécie de “Zezito de saia”.

  2. Hiroshi Bogéa

    4 de outubro de 2007 - 00:31 - 0:31
    Reply

    Meu Nego, enchente não sei. Mas que ele está fazendo a maré subir no ego de muitos pretendentes, isso ele está. E sabe fazer, sem oferecer cafuné, nem acenos.

  3. Quaradouro

    3 de outubro de 2007 - 22:55 - 22:55
    Reply

    Caro:
    Sopraram-me que o Adolf Miranda descartou qualquer apoio à candidatura do vice Ítalo, enquanto o federal Asdrúbal Bentes arrasta-se aos seus pés despudoradamente em busca de um olhar, um aceno, um afago, um cafuné.
    Será que Adolf Miranda vai causar alguma enchente, ano que vem?
    Ainda bem que mora num sertão longínquo, distante da administração municipal e da água da Cosanpa.
    Amplexos marcianos, queijos e beijos

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *