Dnit inicia recuperação de trecho danificado da rodovia Transamazônica

Publicado em 5 de março de 2021

Post publicado ontem, 4, sobre a buraqueira que domina grande trecho da rodovia Transamazônica,  sentido rio Araguaia, destacou no final do texto que o Dnit fora contatado pelo blogueiro, prometendo enviar nota esclarecendo a situação da estrada.

A nota, realmente, chegou.

Abaixo, os dois parágrafos dos esclarecimentos do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes:

 

  1. Cumprimentando-o respeitosamente, e em atenção ao apontamento feito pelo blog jornalístico de Marabá acerca das condições de trafegabilidade da Rodovia BR-230/PA, no segmento entre o município de Marabá e a divisa TO/PA (Rio Araguaia), a Unidade Local do DNIT em Marabá vem através deste documento informar que em função do período chuvoso na região somado ao constante fluxo de veículos na via, o pavimento asfáltico fica mais suscetível ao surgimento de patologias como o apresentado em registro fotográfico por um usuário.
  2. Atualmente, a autarquia tem sido atuante no combate às erosões em função do inverno rigoroso que acarreta em diversos danos à via. Ademais, neste período de chuvas, os serviços com massa asfáltica são reduzidos, entretanto, estes são mantidos a fim de minimizar os impactos aos usuários e manter a trafegabilidade.

 

Junto à nota encaminhada ao blog, o Dnit anexou fotos dos serviços de tapa-buracos às proximidades do trevo que dá acesso à sede do município de São Domingos.

Bom lembrar que o post narrando a buraqueira na BR-230 cita as maiores demandas ocorridas entre o trevo de São Domingos e o trevo de Brejo Grande do Araguaia.

Portanto, conclui-se que o órgão direciona os serviços em direção ao rio Araguaia, saindo do trevo de São Domingos.

Boa notícia.