Ditadura militar e resistência armada no Araguaia são temas de debates na Unifesspa

Publicado em 2 de maio de 2014

 

 

Nos dias 21 a 23 de maio de 2014, será realizado em Marabá, no Campus I, o Seminário Nacional Ditadura Civil-Militar no Brasil e a Resistência Armada no Araguaia. Este será o primeiro seminário de História organizado pela Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (UNIFESSPA), em colaboração com a Faculdade de História da UFPA, do qual participarão os professores e professoras e as primeiras turmas de estudantes dos cursos de História dos campi de Marabá e Xinguara.

Além da Mesa de Abertura e atividades culturais, as conferências e as mesas redondas do seminário serão destinadas a aprofundar as mudanças políticas, sociais, econômicas e culturais ocorridas na região Sul e Sudeste do Pará no período da ditadura civil-militar no país (1964-1985), especialmente sobre a violação de Direitos Humanos, os conflitos agrários, a resistência armada à ditadura e o impacto na região dos denominados grandes projetos econômicos, temas inseridos no recorte do tempo histórico que denominamos História do Tempo Presente.

O conhecimento histórico apresenta-se como tarefa fundamental para reconhecer a diversidade cultural e a formação histórica dos diversos grupos sociais que compõem a paisagem humana da região e sua crescente diversidade produto, em grande medida, dos diferentes processos migratórios e os conflitos entre setores do grande capital (agronegócio, mineração, madeireiros) e diferentes grupos sociais (camponeses, indígenas, extrativistas, quilombolas e segmentos diversos de trabalhadores rurais e urbanos), bem como as experiências desses grupos, desdobradas em diferentes estratégias e táticas de enfrentamentos, disputas, combates, alianças e negociações.

A realização do seminário se insere nos objetivos do Projeto Pedagógico dos Cursos de História de Xinguara e Marabá da UNIFESSPA, que estabeleceu como metas a necessidade de compreender a Amazônia oriental, especialmente a região sul-sudeste do Pará, como territórios social e culturalmente construídos.
As inscrições são gratuitas e serão realizadas por endereço eletrônico e/ou presencial, conforme cronograma a seguir:

a) Inscrições para o email:  historiaunifesspa@gmail.com

Período: 28 de abril a 16 de maio

Informar: nome, idade, escolaridade, e-mail, telefone, município, atividade que desenvolve.

b) Inscrições presenciais: Sala 13 – Instituto de Ciências Humanas – Campus I/Unifesspa, Marabá

Período: 5 a 20 de maio, nos seguintes horários: 9h as 12h e 15h as 19h.

Texto: Divulgação e Ascom UNIFESSPA