Hiroshi Bogéa On line

Distensão

Eficiente a reação dos secretários de Ana Julia desmentindo declarações de dirigentes dos movimentos sociais de que a governadora estaria apoiando o ciclo de invasões reaberto-, pelo menos para reduzir a tensão entre os produtores rurais do Sul e Sudeste.
Aparecido Coelho, presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Marabá, ficou surpreso com o efeito psicológico positivo juntos aos seus associados das declarações de José Benatti, presidente do Iterpa, e de Cristiano Martins, superintendente regional do Incra, desautorizando qualquer representante das entidades dos sem-terra usar o nome daquelas instituições “em ações de responsabilidade de seus autores”.

– Pelo menos a gente não tem dúvidas, agora, da extensão de seriedade do governo do PT. Até eclodir essas invasões, estava todo mundo apreensivo, achando que a doutora Ana Julia iria permitir o afrouxamento das investidas radicais de alguns membros dos movimentos sociais. Essa desautorização pública feita pelos principais nomes das entidades governamentais nivela tudo e nos deixa mais tranqüilos em relação a disposição que temos de continuar trabalhando para desenvolver o agronegócio paraense, hoje um dos mais evoluídos do país.

Na compreensão de Aparecido Coelho a reação do governo estadual não tem o poder de acabar com as invasões, mas sinaliza a certeza de que o respeito ao direito de propriedade, bem inalienável da democracia assegurado pela Constituição, será chancelado também pela gestão do PT – indiferente à identificação ideológica que Ana Julia e seus principais assessores preservem em favor de avanços sociais.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *