Hiroshi Bogéa On line

Diretores do Remo abandonam barco afundado

O Clube do Remo está ficando sem diretores.

Depois da derrota para o Salgueiro, que selou a desclassificação do time na Série C, o “Leão” está perdendo membros de sua diretoria.

Primeiro foi Marco Antônio Pina ‘Magnata’, e, algumas horas depois, Sérgio Dias.

O diretor de futebol entregou o cargo alegando estar recebendo ameaças de morte.

‘Assim como aconteceu com o presidente do Paysandu, Sérgio Serra (que teria sido ameaçado com uma arma na cabeça), eu estou saindo do Remo por medo da violência. Estão me ameaçando de morte, de quebrar meu carro, de invadir a minha casa. Tenho mulher e duas filhas! Isso não é para mim! Já pedi minha renúncia ao presidente Manoel (Ribeiro) e ele até pediu para que eu reconsiderasse, mas não vai acontecer. Estou fora!’, desabafou.

No embalo que segue, o Remo pode ficar até sem o seu presidente, Manoel Ribeiro, que está sendo pressionado por familiares para abandonar o cargo.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *