Hiroshi Bogéa On line

Dignidade e conhecimento

Passando por Eldorado do Carajás, o blogger já fez pit stop por duas oportunidades no Infocentro instalado ali pelo governo do Estado (foto).

E toda vez, conversando com a gurizada ligadérrima no mundo da Internet, consumimos a certeza de que basta ter vontade política para a sociedade eliminar seus cancros sociais.

Garotos e garotas vivendo um mundo novo, abrindo páginas e páginas virtuais, postando fotos em sites de relacionamento assinados por perfis rurais, experimentando o prazer da tecnologia e adquirindo conhecimento.

Esse o caminho mais fácil para se limpar a merda espalhada pelo país há mais de 500 anos.

Encher o Estado de Infocentros, levá-los aos lugares mais distantes, como a zona rural de Eldorado, onde o MST já obteve também a garantia de instalar pequenos núcleos em seus assentamentos – facilitados pela eficiência da banda larga do Navegapará.

Post de 

3 Comentários

  1. Anonymous

    22 de janeiro de 2010 - 05:24 - 5:24
    Reply

    fora esse engodo de infocentros, seria bom vc visitar não só as escolas estaduais em eldorado como tambem em todo o estado para ver a realidade, escolas caindo os pedaços, etc…. não preciso nem falar isso, só não ver quem não quer.no entanto, me admiro muito aos que enaltecem esse governo nefasto, que ainda não fez nada pelo nosso estado.

  2. Anonymous

    14 de janeiro de 2010 - 20:44 - 20:44
    Reply

    O governo do Estado precisa também ajudar aos microempresários que exploram a internet aqui no Pará. E a primeira medida a ser tomada é EXCLUIR os ciberes cafés e lans house dessa COBRANÇA de quase R$ 200,00 semestralmente. Para quem não sabe, e isso não é coisa do governo atual, o Pará enquadra a essa atividade como sendo atividade contraventora. A taxa diz que é sobre atividades que exploram JOGOS ELETRÔNICOS. Algo totalmente descabido, já que numa lan house o cliente não aposta X para tentar ganhar Y. Mas veja só, se não for paga a taxa, o estabelecimento é fechado. O PARÁ COBRA MAIS DE 30% DE ICMS SOBRE A INTERNET. Talvez isso explique porque a embratel e a própria OI não tragam para cá internet com qualidade. No Estado do Maranhão esse ICMS não é cobrado. Lá, pelo menos em algumas cidades a população tem VELOX DA OI, WiMax da Embratel, PME também da embratel. Os políticos do Pará precisam mudar em muito o seu conceito de futuro. Em se tratando de internet, temos muitas cidades no Pará usandoa correspondência feita por pombos, se formos fazer comparações com cidades de estados mais pobres que esse.

  3. Anonymous

    14 de janeiro de 2010 - 16:44 - 16:44
    Reply

    Grande coisa. Essas são as obras relevantes de grande porte do PT? Enquanto o PT brinca de governar, morrem centenas de criacinhas abandonadas na Santa Casa, a violência finca as garras no campo e na cidade, as estradas estão esburacas e a transamazônica intrafegável. Sinceramnete, se isso que eatá aí pode ser chamdo de govenro, posso afirmar que o povo se contenta com muito pouco.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *