Hiroshi Bogéa On line

Diagnosticando Tião e Demétrius

O jornalista Ademir Braz descobriu a origem das reações destemperadas do prefeito Sebastião Miranda (PTB) e do empresário Demétrius Ribeiro, durante o I Simpósio Procriação dos Estados do Carajás e Tapajós. O primeiro seria um exemplo de TPM – Tensão Pós-Mandato.
O comportamento de Demétrius, segundo Braz, “é viés de uma outra tensão, comum, esta, à maioria dos guseiros do Pará e Maranhão – a TPI: Tensão Pós-Ibama”.
O diagnóstico do jornalista está no Quaradouro.

Post de 

3 Comentários

  1. Anonymous

    18 de junho de 2007 - 13:51 - 13:51
    Reply

    Hiroshi, moro em Imperatriz desde 1970. Você me conhece e eu a ti.
    Eu Conheci o Demétrius logo que ele colocou uma loja de ferro aqui na cidade. Ele é uma pessoa orgulhosa, só pensa nele, nele e NELE. O resto ao seu redor que se lasque. Tenho amigos que trabalharam com esse empresário e falam horrores dele: estúpido, agressivo com os funcionários, mal-educado, e a imagem que ele demonstrar ser de amigo dos seus trabalhadores é pura miragem. Só para se ter idéia mesmo de que o que conto aqui é verdadeiro, sou amigo de um irmão do Demétrius que fica nada amistoso quando o assunto se refere ao parente. Ele disse que a maioria da irmandade odeia o irmao empresário. Nada tenho contra ele, não lhe devo favores e nem dinheiro. Escrevo aqui em seu blog porque conheço a ti desde a época em que voce morou em Imperatriz atuando na imprensa (diga-se de passagem, com muita competência e profissionalimo que deixaram saudades) e gosto de ler o que voce escreve – sempre gostei. Como me deparei com essas notas sobre o Demétrius Ribeiro, tomei a iniciativa de alertar o povo de Marabá.
    Não deixem esse homem entrar na política pelo voto. Ele pode se transformar na pior coisa que Marabá venha experimentar em sua história política.
    Só para exemplificar: os maranhenses que conhecem o Demétrius NUNCA permitiram que ele ostentasse um mandato popular. O mesmo candidatou-se duas vezes a deputado estadual e federal, nao chegando a ter 10% dos votos que necessitava para eleger-se.
    Quem conhece o Demétrius quer distância dele. Perguntem aos seus familiares daqui de Imperatriz.
    Não vou assinar meu nome, mas adianto que sou profissional liberal bem sucedido aqui no Sul do Estado do Maranhão, que futuramente será um novo estado. Como tenho certeza aí será o futuro Estado do Carajás.
    Boa sorte Hiroshi, um grande admirador seu.

  2. Anonymous

    18 de junho de 2007 - 12:27 - 12:27
    Reply

    Concordo com o anônimo acima.

  3. Anonymous

    18 de junho de 2007 - 11:49 - 11:49
    Reply

    Quanto mais o Demétrius compra veículos de comunicação melhor para o povo que passa a conhecer o pensamento retrógrado dele através das entrevistas que o mesmo costuma dar se auto-elogiando. O que existe de atraso na política, esse empresário conserva dentro dele. Na primeira lapada, o povo impedirá que ele entre na política. Vai ser muito divertido.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *