Devolvendo o que não é seu

Publicado em 16 de julho de 2007

Está no jornal que foram rejeitadas 90% das contas de prefeituras municipais paraenses. Esse índice subirá quando a contabilidade da administração de uma das mais influentes prefeituras do Sudeste for julgada pelo TCM. Fonte segura garante que os auditores do tribunal tem levantamento com indícios de que o prefeito do município corre o risco de ser condenado a devolver aos cofres públicos, por baixo, R$ 10 milhões – em cálculo feito nas contas até 2005. Ou seja, 2006 está fora ainda da auditoria.
Detalhe: até agora nenhuma conta da prefeitura em foco foi julgada . O prefeito está em seu segundo mandato.