Hiroshi Bogéa On line

Detran: a CPI do “dá em nada”

 

 

“Ora (direis) ouvir estrelas! Certo Perdeste o senso! E eu vos direi, no entanto, que, para ouvi-Ias, muita vez desperto. E abro as janelas, pálido de espanto”.

 

Versos de Olavo Bilac caem como luva para caricaturar a realidade da CPI do Detran, criada na Assembleia Legislativa para apurar denúncias de uso de dinheiro do Departamento de Trânsito  do Pará, para manter o time do Santa Cruz, de Cuiarana.

Quem lê os dois maiores jornais do Pará, na manhã desta quinta-feira, 23, se depara com significados  diferentes em suas manchetes.

O Liberal saúda  a escolha dos integrantes da CPI:  “base aliada  do governo Jatene derrota o PMDB na Alepa”, exaltando a maioria governista da comissão.

O Diário do Pará mete o malho:   “CPI do Detran já começa com cheiro de pizza”, denunciando a maioria governista  definida para tocar a comissão.

Ora, direis, seria ingenuidade acreditar que o governo  manteria sua bancada imobilizada diante de uma CPI, apoiando maioria de nomes ligados a oposição.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *