Hiroshi Bogéa On line

Destampando a panela

É preciso repercutir, com a intensidade que o assunto merece, decisão do Conselho Nacional de Justiça de determinar ao Tribunal de Justiça do Estado o cancelamento administrativo dos seis mil títulos grilados no Pará, indicado previamente por uma comissão de monitoramento.

Explicitamente, o CNJ endossou também postura do governo do Estado de exigir das varas agrárias a execução de georreferenciamento para orientar as ações de reintegração de áreas invadidas.

Uma semana depois do TJE apoiar a intervenção federal no Estado, uma paulada com peso de asteróide no tribunal paraense, sempre à reboque dos fatos.

Notícia de tamanha expressão, merece ou não maior espaço na imprensa paraense?

Post de 

2 Comentários

  1. Anonymous

    18 de novembro de 2009 - 12:22 - 12:22
    Reply

    Desde que suas decisões não sejam do agrado do pt e do governo…não é mesmo? nesses casos o Tribunal é risível!!! francamente.

  2. Anonymous

    18 de novembro de 2009 - 04:01 - 4:01
    Reply

    Verdade Hiroshi, são ações de extrema importância para a pacificação do campo no Estado, resta saber se as ações do CNJ e TJE vão ficar apenas no plano das idéias, sem aplicação prática….

    Aliás, essa é a sensação de todos que conhecem um pouco da atuação e da "produção" do nosso Égregio, que não passa da risível marca de apenas uma súmula produzida !!!!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *