Destampando a panela

Publicado em 17 de novembro de 2009

É preciso repercutir, com a intensidade que o assunto merece, decisão do Conselho Nacional de Justiça de determinar ao Tribunal de Justiça do Estado o cancelamento administrativo dos seis mil títulos grilados no Pará, indicado previamente por uma comissão de monitoramento.

Explicitamente, o CNJ endossou também postura do governo do Estado de exigir das varas agrárias a execução de georreferenciamento para orientar as ações de reintegração de áreas invadidas.

Uma semana depois do TJE apoiar a intervenção federal no Estado, uma paulada com peso de asteróide no tribunal paraense, sempre à reboque dos fatos.

Notícia de tamanha expressão, merece ou não maior espaço na imprensa paraense?