Desnudando a nudez

Publicado em 9 de outubro de 2007

“Os policiais que estão na linha de frente do combate ao crime (todos os que não são delegados ou oficiais da PM), sabemos onde está o ‘rolex roubado’ do Luciano Huck –metáfora para o graal da segurança pública brasileira. Mas não vou trocar tiro com bandidos recebendo um salário base de R$ 568,29 ao mês (e agora sem o tícket alimentação de R$ 80,00 que nos foi retirado em agosto de 2007).
“Prefiro correr risco no bico para sustentar meus filhos. Se Huck não está feliz conosco, pode entrar para o movimento CANSEI e cobrar do governador Serra o motivo do PSDB ter tanta raiva da policia paulista e mantê-la na miséria há 14 anos. Eu queria fazer minha inscrição lá, mas será que aceitam um policial sem dinheiro?
Roger Franchini”

Texto acima é da carta enviada à Folha de São Paulo pelo policial Roger Franchini, em resposta ao artigo “Pensamentos quase Póstumos”, publicado no mesmo jornal dois dias antes, do apresentador Luciano Huck, assaltado nas ruas da capital paulista. O servidor público bate forte nos governos tucanos e vomita uma das razões que fazem a corrupção grassar no sistema de segurança pública: a mal remuneração.
Detalhe: Franchini pode ser demitido do serviço público pela coragem que teve de reagir ao faz-de-conta das administrações estaduais.