Hiroshi Bogéa On line

Desdobramento da história

O trabalho da Polis Consultoria já dura seis anos. A empresa prestou serviços também a prefeitura de Marabá junto as siderúrgicas.

Fonte segura revelou agora ao poster que cerca de três meses atrás, quando estava para sair a inscrição da VALE na dívida ativa, o prefeito Darci Lermen rompeu unilateralmente o contrato com a Polis, surgindo em seu lugar, como num passe de mágica, um suposto escritório do Paraná.

À boca miúda, pessoas antenadas com a questão garantem haver algo estranho por trás das notícias universalizadas dando conta da contratação da consultora paranaense. Categorizada fonte, mantida em sigilo pelos cuidados que o fato merece, garante que alguém na jogada deverá faturar honorários -, que a base de 10% representa cerca de R$ 50 milhões, sem ter feito absolutamente nada. “Num caso desse, a taxa de retorno será altíssima”.

Outra informação: a própria Polis Consultoria Ltda, autora dos estudos e processos tramitados, deverá ajuizar ação de indenização. “O valor dessa indenização a quem realmente executou os serviços, é milionário”.

O blog apurou que, até o presente momento, a Polis não recebu nenhum tostão da prefeitura, considerando que o caráter de seu contrato era de resultado.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *