Desde o tempo do Barata…

Publicado em 2 de dezembro de 2011

 

 

Totalmente desarticulado e sem visão política da questão, o presidente da Frente contra Tapajós, Celso Sabino, é uma gracinha de ridicularidade.

Não havia outro personagem para ser colocado na presidência da Frente?

A pergunta advém do rescaldo do debate realizado pela RBA, ontem à noite, com os dirigentes das frentes  favoráveis e contrárias à divisão do Pará.

A propósito, o debate não apresentou nada de novo, além dos já conhecidos lenga-lenga dos dois lados.

Esclarecer pontos obscuros da questão que é bom, nada disso apareceu.

Aliás, de positivo,  ficou uma frase construída pelo deputado Lira Maia, pelo seu caráter irônico:

 

– “Desde o tempo do Barata (*) o PIB do Tapajós é o mesmo”.

(*) – Joaquim de Magalhães Cardoso Barata foi um dos maiores líderes políticos do Pará no século XX. Isto pode ser compreendido pelo seu governo nitidamente populista, que desenvolveu desde sua primeira interventoria, de novembro de 1930 a abril de 1934. Voltaria  a governar o Estado, pela terceira vez,  nos anos 50.