Hiroshi Bogéa On line

Deputados ouvirão conselheiro dia 17

A aprovação por 32 deputados do requerimento de João Salame propondo sessão especial para ouvir o conselheiro Alcides Alcântara sobre denúncias de corrupção no TCM é um marco na história das relações da classe política com aquele tribunal. Os parlamentares estaduais estão diante de uma oportunidade rara de escancarar uma caixa de podridão. Em cada município deste estado, isso não é segredo para quase ninguém, existe um caso de desvio de conduta de auditores do TCM na promíscua relação com tesoureiros, secretários de finanças e prefeitos. O toma lá dá cá em muitas localidades chegou a ser institucionalizado.
A AL marcou um gol. Falta a goleada, que só virá com a instalação de uma CPI e a extinção desse órgão devorador de recursos do povo pobre paraense.
Sessão especial ocorrerá dia 17 de setembro. Convites serão extensos a prefeitos, vereadores, conselheiros, Ministério Público e demais autoridades.

Post de 

3 Comentários

  1. Anonymous

    6 de setembro de 2007 - 03:22 - 3:22
    Reply

    Já vai tarde para o cadafalso o TCM.
    Esse penduricalho é um sumidouro de dinheiro público e não serve pra nada.

  2. Hiroshi Bogéa

    5 de setembro de 2007 - 18:24 - 18:24
    Reply

    Concordo com voce. É pra fazer exatamente isso em retribuição a confiança depositada nele pelo eleitor. O produto que paga o voto é a credibilidade e os atos de fidelidade à causa pública.

  3. Anonymous

    5 de setembro de 2007 - 17:22 - 17:22
    Reply

    O deputado João Salame, que é de minha cidade, foi feliz ao assumir essa posição. É isso que a gente espera de um político.

    Vicente- Marko Belém

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *