Deputado estadual marabaense denuncia Equatorial por altas taxas de energia

Publicado em 29 de setembro de 2021

Deu no Correio:

 

 

O deputado estadual Chamonzinho apresentou na manhã desta terça-feira, dia 28, moção que pede, junto à Assembleia Legislativa, esclarecimentos da Rede Equatorial Energia sobre a péssima qualidade no fornecimento de energia e altas taxas praticadas pela empresa.

Além de solicitar a instalação de suporte técnico e operacional da Rede Equatorial no município de Curionópolis, bem como nos demais municípios do estado, que carecem de atendimento próximo e imediato de seus serviços.

Na plenária, o deputado falou sobre as dificuldades que os municípios enfrentam pela má qualidade do serviço e o pouco acesso à informações.

“É inadmissível que a nossa população continue enfrentando problemas que trazem inúmeros prejuízos e transtornos para os municípios, e a empresa responsável não cumpra seu papel.  São longos períodos de espera para a resolução de problemas simples e um descaso total na qualidade do atendimento. Por isso, a empresa precisa prestar esclarecimentos e garantir o direito de toda população do estado do Pará de ter um serviço de qualidade e taxas condizentes com a realidade” afirmou o Chamonzinho.

Não é de hoje que a empresa Equatorial Energia vem causando dano material à população paraense, agindo de modo abusivo pela má qualidade dos serviços de sua concessão. Além, da cobrança de taxas exorbitantes que comprometem o orçamento das famílias.

Na residência da dona de Casa Mayara Chagas, moram 5 pessoas e ela relata que nos últimos meses, as cobranças de energia elétrica têm comprometido a renda da família.

“Minha conta de luz vem cada mês mais cara, somente em setembro o reajuste foi de quase 50% do valor que pagamos. Além desse valor abusivo, ainda temos dificuldades de acessar o serviço para reclamar das cobranças” afirmou.

A moção apresentada pelo deputado Chamonzinho contempla não somente a vontade da população, mas a necessidade de acesso a um serviço de qualidade e taxas condizentes com a realidade das famílias paraenses, considerando que o Pará está entre os estados com maior tarifa de energia elétrica do país, mesmo sendo um grande gerador de eletricidade.