Hiroshi Bogéa On line

Deputado Beto Salame pede afastamento de Eduardo Cunha

O  deputado federal Beto Salame voltou a se manifestar a favor do afastamento imediato do deputado Eduardo Cunha da presidência da Câmara Federal. “A situação de Cunha é insustentável e cada dia que passa, ele tende a usar todo o poder do cargo que ocupa para impedir o funcionamento regular da Comissão de Ética que julgará seu caso. Isso é inaceitável”, afirma Beto.

Em outras ocasiões Beto Salame vem defendendo o afastamento de Cunha. “Ter um presidente sob suspeitas enfraquece a Câmara e é péssimo para a imagem já tão desgastada do Parlamento. No caso de Cunha, as provas exibidas até aqui apontam para estabelecer sua culpabilidade e as suas manobras servem para reforçar a convicção de que o presidente está envolvido no escândalo apurado pela Operação Lava-Jato. De toda maneira, é preciso que Cunha se afaste e se ocupe em explicar a esta Casa porque mentiu e qual o grau de envolvimento dele neste escândalo”, complementa Beto Salame.

Em sua página oficial no Fecebook – https://www.facebook.com/betosalame/, Beto Salame publicou o texto que segue:

 

“Hoje, presenciei no Congresso Nacional, um daqueles momentos que envergonham e desonram o Parlamento.

Temendo ver seguir o processo que investiga sua conduta indecorosa, o presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha, apoiado por alguns deputados, realizou todo tipo de manobra e impediu o funcionamento da Comissão de Ética da Câmara Federal.

Ao se comportar dessa maneira deplorável, o deputado Eduardo Cunha além de demonstrar seu desespero diante das provas já trazidas à Comissão, desrespeita e ofende cada um parlamentar interessado em apurar as irregularidades atribuídas a ele.

Estou certo que Cunha não reúne mais as mínimas condições para seguir à frente da Câmara Federal.

As manobras praticadas hoje por Cunha e seus aliados, demonstram que para garantir a apuração isenta e serena dos fatos, é imperativo que o presidente seja imediatamente afastado do poder.

O Brasil vem mudando ao longo dos últimos anos e não há mais espaço para posturas autoritárias e delinquentes. Junto-me à maioria dos deputados e do povo brasileiro para gritar: “Fora, Cunha!”

Post de 

1 Comentário

  1. Apinajé

    24 de novembro de 2015 - 15:42 - 15:42
    Reply

    Esse assunto não será resolvido na sacristia, isso é coisa para o vaticano ou se preferirem,é coisa para cacique,nessa aldeia curumim não tens vez e nem voz.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *