Depressa, rapidinho!

Publicado em 14 de maio de 2008

Cenário: gabinete da Câmara Municipal de Marabá.

Horário: 15 horas de terça-feira, 13.

Ambiente: Na ante-sala da presidência, além de funcionários, oito pessoas aguardavam o momento de serem atendidas pelo vereador Miguelito Gomes (PP).

Em determinado momento, adentra à sala um rapaz perguntando “por uma moça de vestido azul”. Uma funcionária responde tratar-se de Helena que acabara de entrar no gabinete da presidência.

De repente, o marmanjo saca de um tresoitão e invade a sala de Miguelito a tempo ainda de ver Helena entregando ao presidente do Legislativo R$ 7 mil reais em moeda que a mesma sacara do banco minutos antes.

À vista de todos, sem denunciar nervosismo, o ladrão sai calmamente levando a grana, deixando para trás dezenas de pessoas incrédulas, inclusive vereadores -, agora habilitados a contar para filhos, pais e vovós como é a sensação de ser protagonista de uma “saidinha”.