Deixa comigo

Publicado em 8 de outubro de 2007

Sebastião Miranda não quis saber de conversa, enquanto esteve à frente das articulações de filiação ao PTB de futuros candidatos a vereador. Resultado: o partido do prefeito terá uma chapa à Câmara Municipal de altíssimo peso, enganando-se redondamente quem pensava que Tião se manteria eqüidistante de sua própria sucessão. Até provem em contrário, as rédeas da política de Marabá estão concretamente sob controle rígido do prefeito.