Hiroshi Bogéa On line

Decreto beneficia mototaxistas auxiliares

Luiz Carlos e mototaxistas no ato de assinatura de decreto
Luiz Carlos e mototaxistas no ato de assinatura de decreto

O prefeito em exercício, Luiz Carlos Pies, assinou na tarde desta quinta-feira (2) decreto municipal beneficiando os mototaxistas auxiliares de Marabá. Ao total, são cadastrados 700 mototaxistas profissionais e 200 auxiliares. O ato ocorreu com a presença de dezenas de mototaxistas, no miniauditório do Gabinete.

Segundo Rogério Mathias, coordenador de Transporte do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte Urbano (DMTU), a direção do órgão entendia que as carteiras dos mototaxistas auxiliares deveriam ter um número de identificação que não o do mototaxista titular.

Rogério explicou que antes o auxiliar dirigia-se ao DMTU para tirar a carteira e esta levava o número do titular para o qual ele pretendia trabalhar. Porém, no dia seguinte, ia novamente ao órgão de trânsito, requisitar outra carteira para trabalhar com outro titular. Logo, não havia como emitir só uma carteira para o auxiliar nem como ter o controle desse profissional.

Para resolver esse problema, o prefeito baixou um decreto que os mototaxistas auxiliares, a partir de agora, possam usar a carteira com numeração única.

Outra novidade é que, quando um mototaxista auxiliar se retirar do sistema, quem vai indicar o substituto será a Associação dos Mototaxistas. “Isso só entre os 200 auxiliares. Então, esse decreto em parte resolve esse ponto”, disse Rogério Mathias.

Além dos mototaxistas, participaram da assinatura do decreto o secretário de Segurança Institucional do Município, major André Seade; Wender Morais, coordenador de sinalização da SMSI; o secretário adjunto de Planejamento, Rômulo Giusti; o vereador Coronel Araújo e Fred Pereira, da Associação Unimotos.

Uma reunião está marcada para ocorrer no próximo dia 30, com o prefeito e os mototaxistas, para fazer uma avaliação dos efeitos do decreto. (Texto: Alessandra Gonçalves/ Foto: Dinho Aires)

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *