De olho em 2012

Publicado em 28 de dezembro de 2010

Maurino Magalhães quer entrar 2011 tomando atitudes.

Além de quitar 80% dos fornecedores até o dia 30 de dezembro, o prefeito de Marabá demitirá cerca de 800 auxiliares comissionados.

Ficarão fora da degola apenas os concursados da área emergencial de saúde.

Já decidiu também chamar outras pessoas para ocupar parte do secretariado, dentro das alterações que pretende fazer.