De novo, Roquevam!?

Publicado em 7 de julho de 2007

Olha o Roquevam aí, gente!!!
O Diário do Pará de hoje diz que a “coordenação do Movimento de Atingidos por Barragens (MAB) já está se organizando para invadir o canteiro de obras e paralisar as atividades nas eclusas de Tucuruí, sudeste paraense, caso a Eletronorte não firme acordo quanto às indenizações dos moradores dos bairros Matinha, São Sebastião, São Francisco e Liberdade, que estão sendo afetados pela obra.”
Sabem quem deu a declaração? O nosso “caubói” Roquevam Silva, coordenador local do MAB, líder da ocupação em maio da hidrelétrica de Tucuruí, quando deu sinais de que pretendia mandá-la pelos ares.
Depois de duas décadas lutando para viabilizar as eclusas, o povo paraense se depara com um Roquevam saltando de seu saloon com ar destemido para anunciar a paralisaçào da obra recentemente reiniciada.
Êta Parazão de horror… Égua!!!!!

——–
atualizado às 11:22

Outra coisa: o presidente Lula deveria determinar a demissão de diretores da Eletronorte que assumem compromissos com os movimentos sociais e não os cumprem. Esse jogo de empurra só causa tensionamento em Tucuruí. Cortando a cabeça dos caras a coisa anda. Se o MAB ameaça radicalizar há razões de sobra para isso, até porque a arma que as camadas pobres tem para lutar é exatamente o tensionamento. Só que a hidrelétrica e as eclusas nao podem ser usadas para o atendimento de demandas históricas.