De calças curtas

O time comandado pelo prefeito de Paragominas (amanhã, o post publica no Diário do Pará nota do alcaide contestando críticas do colunista) foi flagrado escondendo madeira ilegal. Mais do que depressa tratou de reunir a tchurma em seu gabinete para mandar um recado subreptício de que se a Operação Arco de Fogo não maneirar “seus atos”, a cidade pode pegar fogo. Como ocorrera em Tailândia.

Adnam Demachki, que diz em nota enviada ao poster não ser madeireiro, mas contador (de causos? ) quer mesmo é ganhar tempo para os maiores predadores do Pará, localizados em Paragominas, safar madeiras ilegais estocadas em pátios de serrarias e em áreas devastadas no que restou de mata naquele município.

Pau neles, Arco de Fogo!