Hiroshi Bogéa On line

Data Venia

Semana passada, sobre o assunto, o Ademir Braz havia se reportado em post, no Quaradouro. Certamente estimulado pela deixa do jornalista-advogado, alguns e-mails aportaram em minha caixa postal procedentes de Itaituba, Redenção, Parauapebas e Xinguara assinados por advogados e um presidente de Associação Comercial descrevendo o que chamam de “casos no Judiciário”.
Trocando em miúdos, de modo geral, a falta de juízes e promotores nos municípios paraenses sinaliza descontentamento com forte probabilidade de surgimento de movimento de protesto no Estado. A insatisfação atinge as subseções da OAB acusadas de se mostrarem omissas diante da questão, ao mesmo tempo em que dois advogados acenam com ingresso de denúncia ao Conselho de Justiça.
O caldo vai engrossar.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *