Dança de elefantes

 

Depois de um bom período meio bicados, motivados por desencontros na nomeação do segundo escalão do governo do Estado, em Marabá, os deputados Sebastião Miranda (PTB) e João Salame (PPS) ensaiaram o ‘pax-de-deux’.

Hoje, pode-se dizer, estão “pacificados”.

Por enquanto.

Lá na frente, quando se definir quem é quem na briga pela prefeitura de Marabá, dependendo de quem estará na chapa de Miranda como vice, a campanha da dobradinha que receberá o apoio do governo estadual será transformada num balé de elefantes.

Por enquanto, repita-se, Salame e Miranda deram-se as trombas.