Hiroshi Bogéa On line

Dança de elefantes

 

Depois de um bom período meio bicados, motivados por desencontros na nomeação do segundo escalão do governo do Estado, em Marabá, os deputados Sebastião Miranda (PTB) e João Salame (PPS) ensaiaram o ‘pax-de-deux’.

Hoje, pode-se dizer, estão “pacificados”.

Por enquanto.

Lá na frente, quando se definir quem é quem na briga pela prefeitura de Marabá, dependendo de quem estará na chapa de Miranda como vice, a campanha da dobradinha que receberá o apoio do governo estadual será transformada num balé de elefantes.

Por enquanto, repita-se, Salame e Miranda deram-se as trombas.

Post de 

21 Comentários

  1. Dança dos Elefantes

    23 de agosto de 2011 - 14:47 - 14:47
    Reply

    Hiroshi,
    Da leitura feita nos 20 blocos desta sua nota,inteligentíssima provocação, até mesmo na figura dos elefantes dançando, como naquele desenho de Disney, surgiram indícios, respostas veladas, inconformismos, muita gente reverberando ecos de que Tião é pedante(diz que elege poste, não cumprimenta ninguém, que sua preferência é imbatível,etc.) O colunista preferido do João Salame, no seu jornal, como aquele cachorinho da logo famosa da RCA Victor ( a voz do dono, tá lembrado?, escutando um gramofone?), se apressou em dizer que o PPS decidiu pressionar por sua candidatura no ano que vem. Frouxos de rir, o povo de Maurino dizia: mais quando..com aqueles votos que ele fez pra deputado em Marabá?, mais quando.. e quaquaraquaquá pra todo lado.

  2. jose n. filho

    23 de agosto de 2011 - 09:29 - 9:29
    Reply

    Eu gostaria de ver a prefeitura ou mesmo um de nossos políticos com o mesmo empenho de buscar o desenvolvimento dos projetos relacionados ao pólo metal mecânico em marabá que a ACIM, que vem trabalhando, buscando e cobrando a implantação desse pólo a anos a atrás.
    Quantas vezes a ACIM representada pelo Sr. Gilberto Leite, presidente na época, e seus diretores, incluindo o Sr. Ítalo, se deslocarão de Marabá para Brasília em busca destes projetos e outros, (se possível que a ACIM divulgue quantas vezes esteve em Brasília neste período lutando por esse projeto), enquanto os nossos prováveis candidatos insistiam em desacreditar nesses projetos.
    Todo esse BUM que Marabá estar vivendo devemos ao Governo Federal, Estadual e ao empenho desta instituição (ACIM) seus diretores e apoiadores, que cobrarão junto aos governos por esses projetos, e que estão brigando ate agora para que tudo isso se concretize, inclusive agora enquanto estou escrevendo este comentário estão eles reunidos com técnicos da Antac – Agência Nacional de Transportes Aquviários. Cobrando esclarecimentos sobre a paralisação da derrocagem da hidrovia que de fundamental importância para essa região e principalmente Marabá.
    Parabéns a ACIM e seus integrantes, e que mais pessoas se juntem a vocês por nesta luta da mesma maneira, com seriedade e buscando resultados e não somente visibilidade política.

  3. ANÔNIMO

    23 de agosto de 2011 - 00:05 - 0:05
    Reply

    Enquanto tião procura um vice pra manobrar,Maurino tem de sobra para escolher parceiros. .Bernadeth,Miguelito,Elza,Dr.Cristina,Nagib,Dr.Nagilson,Erismar,Jorge Bichara. todos com potêncial agora Dr. Adailton nem pra vereador.

  4. ANÔNIMO

    22 de agosto de 2011 - 23:53 - 23:53
    Reply

    está parceria Tião e João,nunca vai dar certo,Tião nunca deixará ninguem crecer no seu governo,João não suportará no final só quem perderá e Marabá,João e politizado tião não confiará como é que vai ficar Marabá.é briga na certa pra quem conhece acredita.nas rodadas de pate papo, ouvimos muito as pessoas que acompanham João salame declará que não vão votar no Tião até mesmo os que foram nomeado pelo governo que trabalha contra a nossa independência. se os politicos da nossa região que acompanham Jatene.faça como Asdrubal caia fora emquanto é tempo.

  5. ANÔNIMO

    22 de agosto de 2011 - 23:23 - 23:23
    Reply

    pelo meu conhecimento politico tenho a serteza que o PT apoiará o sr. Maurino que faz parceria e busca politica social do governo federal que é do PT.Maurino iniciou seu trabalho na Zona rural local que o PT gosta,terra planagem e drenagem,iluminação e regularização nas areas de ocupação urbana PT também gosta,o tião se a justiça for complacente irá disputar com Maurino e é considerado inimigo nº 1 dos petista por ter traido o PT do Pará,e que sertamente farão grande rebuliço em sua vida politica,administrativa e financeira a perseguição que Maurino vem sofrendo será café pequeno pode apostar,o pessoa do tião não é cojitado em nenhuma das tendências do PT.

  6. anônimo

    22 de agosto de 2011 - 10:29 - 10:29
    Reply

    Espero que o próximo prefeito se preocupe realmente em estruturar a cidade. Marabá está crescendo de forma desordenada, espero que o próximo prefeito se preocupe em humanizar a cidade, que faça calçadas para os pedestres, que se preocupe com saneamento básico, que arborize a cidade, que o código de postura do município seja cumprido…

  7. George Hamilton Maranhão Alves

    22 de agosto de 2011 - 10:17 - 10:17
    Reply

    Caro Luis Sergio Anders, a meu ver, com Maurino, a composição do PT parece inviável, mas com Miguelito não.

  8. ANONIMO

    22 de agosto de 2011 - 08:04 - 8:04
    Reply

    Anotem para contefrir: Tião p/prefeito/Dr.Adailton p/vice. O resto ? tudo blá,blá,blá ou nhem,nhem,nhem. Como queiram ,seus brincalhões !

  9. ANÔNIMO

    21 de agosto de 2011 - 23:22 - 23:22
    Reply

    Enquanto os outros procuram lideranças,lideranças procuram Maurino para apoia-lo e são muitas após falarem com Maurino saem satisfeito e fazem comparações Tião e prepotênte Maurino é humilde e tem bom Coração.este e o ditado que mais ouvimos atualmente.

  10. ANÔNIMO

    21 de agosto de 2011 - 22:31 - 22:31
    Reply

    Ei,a prepotência vai perder novamente para a humildade,hoje Maurino já ganha qualquer concorrente no São Miguel da Conquista,bairro da Paz,Itacaiúnas,Jardim União,Bela vista,Aeroporto,Araguaia,folha 13,folha 21,folha 17,Amapá,Zona Rural,e do lado de lá da ponte do Rio Tocantins,por onde Maurino passa o povo lhe abraça e aonde chega serviço Maurino cresce muito.os evangêlicos cada dia que passa oram em favor deste prefeito que está dando prioridade aos menos favorecidos.os esportista são unânime em falar que Maurino e o que mais tem dado apoio ao esporte de nossa terra,Maurino ganhará novamente com 55% dos votos válidos.dificilmente os politicos que acompanharam Simão Jatene irão sobreviver politicamente em Marabá. com Carajás ou sem Carajás.

  11. Das elephantíases

    21 de agosto de 2011 - 21:07 - 21:07
    Reply

    Caro Blogger,
    Quem assina Sergi, realmente não tem leitura política. Segue o movimento da manada, mas não está errado quanto aos resultados de pesquisas, inclusive, daquelas produzidas por uma concessionária que mantinha concorrido birô de especulações. Elas, no momento, apontam para Miranda. O Galeguinho, não se conforma. Seu nome não cresce nas consultas. Italo que rebate Sergi, expõe agenda perfeita para uma instituição como aquela que representa. Mas ficou incomodado, pois a tal terceira via, é sonhada por ele. O Baiano não tem voto. É pesado. Dizem no famoso birô. Terceira via, no caso, não passa pela ACIM. Passa pla composição política no município. Reparem na preocupação de Miranda que está juntando cacos para ganhar espaço na TV. Lideranças já estão sendo chamadas. Quem fez mais do que 500 votos na última, estão sendo chamados ou serão, para uma conversa. Daquelas, onde se vende terrenos na lua. Aqueles que não “giraram a roda” (mais de cem votos), como diz desdenhosamente Miranda, também receberão suas migalhas. “Ciscar pra dentro”, diz Fernando, o Mentor. Miranda repete o mantra. Ten Caten está à espreita. Colocou seus sabujos na caçada. Sua missão é fortalecer o partido em Marabá. Desenham alianças, estudam oportunidades. Falaremos disso mais à frente, das costuras entre os partidos. Por enquanto, é isso. Observem.

  12. Ademir Braz

    21 de agosto de 2011 - 20:43 - 20:43
    Reply

    Xii!, alguém está pondo um jabuti em cima da mangueira…

  13. italo ipojucan

    21 de agosto de 2011 - 16:26 - 16:26
    Reply

    Caro Sergi,

    Completamente equivocada sua leitura, certamente por desinformação.

    A ACIM tem como meta principal, consolidar o cenário de desenvolvimento deste município pautada nas obras estruturantes acenadas e algumas em curso, que sem ação de acompanhamento e cobrança, certamente nao ocorrerão.
    Assim, nosso tempo e esforço esta concentrado em discutir:
    1- a suspensão dos recursos do PAC para as obras da hidrovia Araguaia-
    Tocantins
    2- com amplo grupo de trabalho já formatado, estimula ações para que o
    polo metal-mecânico possa se instalar em Marabá.
    3- acelera ações no acompanhamento das Obras ALPA/ALINE, avaliando
    a participaçao e captura das oportunidades pelo comércio local.
    4- disponibiliza cursos, palestras, treinamentos a toda classe empresarial,
    no sentido de aprimorar conhecimentos de gestão dos seus negócios

    Poderia alencar muitos outros tópicos nessa lista, também enriquecer com informações precisas, a importância dos tópicos listados. Como o assunto é longo e amplo, acho melhor estender o convite para que visite a ACIM. Conheça e participe dos debates que enriquecem a construção desse momento singular.

    Nao podemos negar a obrigação da entidade em estar preocupada com os rumos administrativos em curso e seus desdobramentos futuros. Temos responsabilidade com a cidade em que vivemos, entretanto nos recusamos a participar de debates improdutivos, que definitivamente levam a lugar nenhum, como enseja o seu comentário.

    Italo Ipojucan
    Presidente da ACIM

  14. NOÉ LIMA

    21 de agosto de 2011 - 11:17 - 11:17
    Reply

    IV PARADA DO ORGULHO GAY DE MARABÁ

    O Grupo ATITUDE de Marabá, é uma instituição da sociedade civil sem fins lucrativos que pretende dar visibilidade à cultura LGBT como forma de desconstrução de estigmas e preconceitos, no combate a Homofobia, há tempos perpetuados em nossa sociedade. Desde 2008 realiza anualmente a PARADA DO ORGULHO LGBT no município de Marabá, mas conhecida como PARADA GAY. O Grupo Atitude é filiado ao movimento LGBT do Pará, e tem entre suas atividades a difusão da cultura LGBT como fomento de uma cultura e PAZ.
    Organiza mais uma vez, em sua 4ª Edição, a Parada do Orgulho LGBT de Marabá, evento que se tornou referência na visibilidade e na luta pelos direitos humanos e Cidadania da comunidade LGBT em nosso Município.

    A futura capital do Estado de Carajás sedia anualmente, a maior manifestação de pessoas lutando pelo direito à diversidade sexual: a Parada do Orgulho LGBT de Marabá. Tradicionalmente apoiada por colaboradores, familiares e simpatizantes, reuniu segundo informações da Polícia Militar em 2010 mais de 10.000 pessoas em frente ao Ginásio Poliesportivo da Folha 16. Temos a previsão de aglutinar aproximadamente 15 mil pessoas na edição deste ano no domingo 28 de Agosto.

    Consolidando-se como um dos maiores eventos de defesa dos Direitos Humanos em nossa cidade, ainda não integra o Calendário Oficial de Eventos do município, atraindo visitantes de todo o Estado que tradicionalmente prestigiam a parada. Gerando ocupação e renda para a nossa população, promove a visibilidade sócio-cultural, a luta por cidadania plena, pelos direitos humanos LGBT’s e por um Brasil sem homofobia.

    Preservando e defendendo uma política de valorização da cultura marabaense e com o tema “BRASIL CIDADÃO: MARABÁ SEM DISCRIMINAÇÃO: SOMOS TODOS IRMÃOS”,
    Data: 28 de Agosto (domingo)
    Concentração as 12h00minh em frente à Praça da Prefeitura Fl.31
    Final: Ginásio Poliesportivo da Folha 16 até as 00h30

    Teremos como atrações: no PALCO PRINCIPAL as Drags Queen, Gogos Boys e premiações dos AMIGOS da PARADA 2011. Nos TRIOS ELÉTRICOS como apresentadora oficial da parada, a Drag Queen Sara de Monsharah de Belém.
    Mais informações:

    Noé Lima e Sandro Martins, Coordenadores do Evento

    (94) 8114-4091/9115-4550 – E-mail: grupoatitudedemaraba@hotmail.com

  15. Sergi

    21 de agosto de 2011 - 02:36 - 2:36
    Reply

    Esse povo insiste em falar em “Terceira via” orquestrada por empresários de Marabá, meus amigos.. essa cupula de empresários que orquestra a Terceira via(leia-se ACIM) tá mais fraca que não sei oque.. os caras não acertam uma… essa eleição já ta ganha pelo TIÃO, o povo é tão burro que vai votar em peso contra o Maurino..

  16. elephantíases

    20 de agosto de 2011 - 20:02 - 20:02
    Reply

    Caro Blogger,

    Miranda, segundo fonte fidedígna entre veneráveis maçons, precisa de um projeto político para Marabá. Ele não o apresenta, pela arrogância daqueles que se dizem eleitores até de postes. Miranda, fruto de sua própria circunstância (secretário de obras, vice e prefeito pela morte de Veloso), exibe pelos bares da cidade o resultado de uma pesquisa que lhe é favorável. Salame, que também pesquisou, tem uma carta na manga. Miranda percebeu. Instalou-se um certo temor entre os trombudos e, para não dispersar a manada, uniram-se para evitar o estouro.
    O Pernambuquinho, que não perde tempo, está à frente de um projeto de ocupação de espaço, do vácuo, que pode credenciá-lo a ser o vereador mais votado, forte candidato a estadual(o que mexe com Salame, que Marabá repudiou nas urnas de prefeito e depois para deputado), pode ser vice de alguém pois desponta em todas as pesquisas de Miranda e Salame. Pode até ser candidato a prefeito, se a justiça inviabilizar Maurino. Pode atrair a força política do PT e herdar os partidos juntados por Maurino. Com a entrada do Pernambuquinho no tabuleiro, Miranda atrai Salame que se vê perdido e, juntos, querem dar um chega pra lá em Pernambuquinho. Esse,que não é besta, varre a periferia em títulos, atraíndo forte contingente de simpatizantes.

  17. Luis Sergio Anders Cavalcante

    19 de agosto de 2011 - 20:00 - 20:00
    Reply

    Ainda digo, que caso aconteça o PT apoiar Maurino ou Miguelito, será a pá de terra final no sepultamento dos vermelhos. Em 19.08.11, Marabá-PA.

  18. George Hamilton Maranhão Alves

    19 de agosto de 2011 - 16:17 - 16:17
    Reply

    Realmente, Miguelito, presente nas entregas de títulos, desponta e é o plano B de Maurino. Com Miguelito, a meu ver, ficaria mais fácil de o Partido dos Trabalhadores compor.

  19. Marcos Peixoto

    19 de agosto de 2011 - 13:12 - 13:12
    Reply

    Sobre este assunto uma consideração. Antes da eleição para prefeito existe uma pedra chamada plebiscito.
    O que farão essas criaturas ?? São favoráveis ou não à divisão? Se são, como ficam em relação ao governo estadual que defende um Pará unido ?

  20. Edson

    19 de agosto de 2011 - 11:02 - 11:02
    Reply

    E impressionante a vontade que o Sr. Sebastião esta de voltar a pegar a viuva de novo, ai eu pergunto, será que ele irá trabalhar?, não acedito, ainda digo o tempo que ele passou na prefeitura não tem um projeto de sua autoria e sim do Dr. Veloso, o qual ele não agradesce,

  21. trombas elefanthíases

    19 de agosto de 2011 - 09:29 - 9:29
    Reply

    Caro Blogger,

    Tens, de fato, faro fino para as injunções políticas em Marabá. Fruto da qualificada rede de informantes e de fontes, a alimentá-lo com gossips e boas notas. Haja vista o sucesso deste teu blogue.
    Porém, (Plínio Marcos sempre disse: ai, porém), Salame e Miranda são antípodas. Um se gaba de ter a melhor retórica e qualidade de convencimento, via parlamento. O outro, se comparado a Salame é quase um apedeuta.
    Sabe-se, no entanto que uma terceira via se articula metodologicamente em Marabá, como opção àqueles dois. Dizem até que o PT seria em Marabá o ponto de desequilíbrio. Um térthius. Inclinados a Maurino, teriam grande chance de eleger vereadores que a bancada precisa. Inclinados a Salame, veríamos o desmonte da performance de Miranda. Sabendo disso, Miranda e seu mentor, Fernando, articulam em embaraçar Salame, estimulando seu egocentrísmo exacerbado e peculiar. Mas o “Galeguinho”, não é fácil, ele mesmo se diz, em flagrante vitupério.
    Se esquecem de um que vem comendo todo mundo pelas beiras. Como se faz com mingal quente. Seu diminutivo é Miguelito, que desponta perigosamente em todas as pesquisas. Hoje esse Pernambuquinho (não seria melhor esse diminutivo?) é o plano B de Maurino, se a justiça o impedir de concorrer. Salame e Miranda avaliaram esse perigo e decidiram não tocar em frente o processo que movem contra Maurino. Senão..

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *